Como abrir uma franquia?

por | ago 17, 2021 | Empreendedorismo | 0 Comentários

Começar ou fazer parte de uma franquia pode ser uma das principais maneiras estáveis de conseguir um bom rendimento financeiro, assim, essa é uma forma de trabalho que vale a pena ser considerada. Contudo, não existe um caminho rápido e fácil de como abrir uma franquia, você pode se deparar com alguns empecilhos e burocracia, caso queira dar o seu melhor para que seu negócio dê certo.

Procurando formas de facilitar a sua vida, separamos os principais pontos que você deve estar atento em como abrir uma franquia.

Saiba mais: Quais os livros para desenvolvimento pessoal mais lidos?

O que é uma franquia?

Antes de explicarmos como abrir uma franquia, precisamos garantir que você saiba o que é isso. Uma franquia, ou um sistema de franquias, é uma forma de operar sua empresa no mercado. Nela, o franqueador irá oferecer e disponibilizar a sua estrutura e marca para que outros empresários se tornem franqueados e desenvolvam as mesmas atividades e serviços, só que em outras localidades.

Assim, podemos dizer que é um acordo entre as duas partes, sendo o franqueador e o franqueado. Onde o primeiro irá ceder alguns direitos e recursos para o segundo que trabalhará em nome dele em um comércio. Mas em troca, o franqueado pagará um determinado valor, acordado em ambos, pela aquisição da marca, além de também pagar uma mensalidade de acordo com os valores do faturamento médio mensal com o negócio de sua unidade, mas iremos detalhar isso mais para frente.

Qual o perfil do franqueado?

Um dos principais pontos que você deve ter em mente ao considerar abrir uma franquia é o perfil do franqueado. Sempre tenha em mente os serviços e produtos que o franqueador que você busca oferece para o público. Veja se você se identifica com aquilo, pois você provavelmente trabalhará por bastante tempo com isso. 

Embora você deverá seguir um padrão de normas e atuações no seu negócio para manter a padronização da marca, a maioria das franquias não estão em busca de alguém que apenas execute tudo. Muitas franquias também buscam alguém que tenha um espírito empreendedor, que também deem sugestões para melhorar ainda mais o negócio e que contribua ativamente para isso. 

Também é importante evitar conflitos entre o franqueado e o franqueador, e na maioria das vezes esses conflitos são resultados das diferenças de perfil entre cada um. Por isso, escolher o perfil e segmento de atuação corretamente e que você se identifica pode acabar poupando muita dor de cabeça no futuro. 

Saiba mais: Nomes para empresas: 7 lugares para encontrar ideias

Caso você esteja tendo dificuldades na hora de traçar o seu perfil, procure criar uma lista de habilidades e competências. Liste as franquias que você tem interesse em participar, separe os pontos fortes e fracos de cada uma e compare. Um outro caminho é visitar as franquias pessoalmente e observar o funcionamento de cada uma, como serviços e atendimento ao cliente. A que você melhor se imaginar trabalhando, será a sua principal escolha.

Para conseguir mais informações sobre o franqueador, você também pode procurar entrar em contato pela internet ou telefone com o Sebrae e Fecomércio de sua região, além de realizar pesquisas de mercado e com o público.

Os prós e os contras de se abrir uma boa franquia

Antes de saber como abrir uma franquia ou de continuar o processo, também é importante ter em mente quais são os prós e os contras de se fazer isso, confira a seguir:

Prós

Antes de tudo, precisamos ressaltar que o retorno financeiro de uma franquia pode acabar sendo muito mais rápido do que uma empresa de outras áreas, sendo em torno de 24 meses, ou seja, dois anos, para ter um lucro considerável. Além do mais, franqueados costumam ter um contato mais próximo com os fornecedores, já que maiores pedidos costumam gerar uma maior facilidade de negociação.

Mas existem outros benefícios na hora de aprender e colocar em prática como abrir uma franquia, são eles:

Modelo de negócio consolidado

Começar um novo modelo de negócio pode ser algo bastante exaustivo e trabalhoso, já que envolve questões como produto e serviço, pessoas, localização, infraestrutura, publicidade e muitas outras questões de alto risco, especialmente para quem está começando. 

Muitos investidores também avaliam esses tópicos na hora de colocar o dinheiro em jogo, e acabam escolhendo negócios já consolidados por ser maior garantia. Com uma franquia, você poderá evitar a maioria desses problemas por estar se aliando a uma marca que, provavelmente, já estará consolidada no mercado. 

Suporte do franqueador

É sempre um desafio encontrar boas oportunidades no mercado, já que experiências de competência e no mercado são cada vez mais exigidas. Assim, o investidor sempre deve fortalecer ainda mais a sua fortaleza e cobrir suas fraquezas, e o franqueador de uma rede acaba assumindo essa função, gerando apoio tanto no mercado como na competência no seu negócio.

Investimento flexível

Os modelos de negócios e taxas de investimento podem variar de franquia para franquia, e isso abre a possibilidade do investidor ter um leque muito maior de possibilidades, levando em conta o fluxo de caixa esperado e o valor do investimento. 

Contras

Saber como abrir uma franquia não irá te garantir somente benefícios, seguir neste caminho também pode ter alguns pontos negativos. Podemos começar citando que, ao se tornar um franqueado, você não será seu próprio chefe, já que recorrentemente você precisará prestar contas e enviar relatórios para o franqueador. 

Você também deverá sempre seguir as normas de qualidade e atuação, para assim manter a padronização da marca e do negócio da franquia. Caso você resolva alterar algo sem falar com o seu superior, poderá até mesmo ter que pagar multas por quebra de contrato, por exemplo.

Saiba mais: Documentários Netflix: 5 produções inspiradoras sobre Empreendedorismo

O que você precisa saber antes de fechar um negócio?

Custos além das taxas pagas

É normal que a maioria das franquias também incluam taxa de aquisição, incluindo gastos com a estrutura de espaço físico, equipamentos para trabalhar, abastecimento do primeiro estoque, treinamento de funcionários e gestores. 

Além disso, uma mensalidade referente ao período de contrato também deve ser paga. Nessa mensalidade, costumam ser cobrados taxa de publicidade (em média, de 10%), royalties (de 1% a 30%) e taxa de fornecimento de suprimento, que pode ter o valor variado dependendo do produto. 

Não é incomum a franquia também cobrar para que um especialista visite com antecedência o local da nova unidade para estudar o potencial da localidade e viabilidade do negócio. 

Ainda terão gastos com o processo de abertura e manutenção da unidade da franquia, que acabam sendo responsabilidade do franqueado. Neste ponto, podemos citar as contas de luz, água, internet, aluguel, telefone, impostos fixos, limpeza, pagamentos de sócios e funcionários e etc.

As microfranquias

Caso você queira investir em uma franquia com menores aportes, existe a opção de microfranquias que podem valer a pena. Essas são modelos menores de franquias já conhecidas ou que estão no mercado a menos tempo. 

Na maioria dos casos, a aquisição para se tornar um franqueado pode ser na faixa de R$10.000. Caso você tenha interesse nessa alternativa, pode encontrar opções de microfranquias no portal da Associação Brasileira de Franchising.

Contudo, mesmo sendo uma microfranquia, todas as dicas que demos sobre como abrir uma franquia ainda são essenciais. Analise a sua marca, pesquise no mercado, se informe, fique atento ao perfil, veja os custos necessários e etc. Caso precise e tenha condições, procure uma consultoria de especialistas, dessa forma o seu investimento terá uma maior garantia de sucesso. 

Processos e burocracias

Lei de Franquias

Essa é uma lei que dispõe a respeito dos contratos de franquias empresarial e também de outros assuntos relacionados ao tema. Caso queira conferir, basta clicar aqui ou procurar no site do planalto. Se você tiver dúvidas, a sugestão é procurar especialistas da área. 

A Circular de Oferta de Franquia (COF)

Após tomar a sua decisão e saber tudo sobre como abrir uma franquia, o primeiro passo para regulamentar o acordo entre o franqueador e o franqueado é solicitar a Circular de Oferta de Franquia (COF) e o plano de negócios. Você irá pedir esses documentos diretamente ao franqueador. Nele, deverá estar descrito todas as regras e características da marca.

Procure analisar todos os aspectos da COF detalhadamente, veja todas as taxas que são cobradas e as responsabilidades de todas as partes envolvidas, além de analisar o suporte que o franqueador está garantido para a sua unidade. 

Ou seja, este documento deve contar todos os detalhes do negócio, como aspectos legais e obrigações das partes, tudo de forma clara, criteriosa e completa. O COF é um documento exigido por lei caso você esteja interessado em como abrir uma franquia. Após exigir o COF, você terá até 10 dias para tomar a decisão final e fechar o contrato, assinando e pagando o franqueador. 

Contrato de Franquia

Nunca feche contrato sem conferir detalhadamente a minuta do contrato de franquia. Analise se todos os itens de oferta estão inseridos de forma clara e fale com o franqueador caso tenha dúvida em algo ou encontre erros. Antes de assinar, sempre procure um apoio ou auxílio jurídico. 

Saiba mais: Livros de Empreendedorismo: 17 livros para todo empreendedor

Quanto custa abrir uma franquia?

É praticamente impossível ganhar dinheiro sem precisar gastar dinheiro. Especialistas do mercado aconselham que o empresário tenha em mãos até três vezes mais o valor necessário para começar ou fazer parte de uma franquia. Justamente devido aos valores gastos com mensalidade, aquisições e os outros pontos que citamos acima. Assim, o valor exato que você irá gastar para abrir uma franquia irá depender do seu segmento, do franqueador escolhido, local da unidade, quantidade de pessoal e etc.

Uma lista montada pelo Pequenas Empresas & Grandes Negócios, em parceria com o Serasa Experian, mostra as 100 principais franquias mais baratas de 2020, e uma delas pode acabar se encaixando perfeitamente no seu orçamento. Abaixo, você encontrará as principais, mas caso queira conferir todas as opções, basta clicar aqui.

Como abrir uma franquia

Como se preparar para abrir uma franquia – 10 dicas básicas

Agora que você sabe mais detalhes sobre o que é e como abrir uma franquia, separamos alguns passos básicos que você precisa ter em mente para facilitar todo o seu processo de como abrir uma franquia e qual você deve escolher para investir.

Como abrir uma franquia

Imagem: Contabilidade na TV

1. Faça uma autoanálise

Antes de tudo, faça uma autoanálise e do seu negócio, se questione sobre o que espera atingir, como espera atingir e algumas outras perguntas, após essa análise completa, será mais fácil saber como abrir uma franquia e o que esperar do futuro do seu negócio.

2. Escolha o seu perfil

Não adianta ter um negócio no qual você não se identifique, então escolha um perfil que tenha a sua cara. Não vá pelo que está na moda e mais chamando atenção, vá na área de atuação que você se identifica e mais se garante. 

Saiba mais: Teste de temperamento: conheça os 4 perfis comportamentais

3. Verifique a capacidade de investimento

É importante sempre saber o quanto de investimento inicial total você tem a sua disposição, já que não adianta ter somente os valores mínimos para investir, você também precisa ter uma “folga” no dinheiro. Isso pois nos primeiros meses você praticamente não terá um retorno grande o suficiente para se manter sozinho.

4. Pesquise a franqueadora

Não invista em qualquer franquia que você veja, pesquise sobre suas opções, veja quantas unidades a rede possui, desde quando ela está em atuação no mercado, quantas lojas opera, a quantidade aproximada de clientes, quando começou o Franchising e etc. 

5. Converse com antecedência com outros franqueados

É sempre importante conversar com outros franqueados, confira se o suporte da franqueadora é bom, se ela cumpre tudo que promete e se o sistema da mesma funciona. Faça visitas às unidades e converse com os responsáveis.

6. Análise a COF

Agora que você já está por dentro e mais próximo de consolidar o processo de como abrir uma franquia, chegou o momento da análise do Círculo de Oferta da Franquia. Este documento desenvolvido pelo franqueador irá apresentar todas as condições que envolvem o fechamento do negócio. O COF também terá uma minuta, que você assinará quando chegar ao fim o seu processo de negociação.

7. Escolha um bom ponto comercial

Um dos principais pontos de como abrir uma franquia é a localização do negócio, afinal, do que adianta ser um franqueado e não ter movimentação de clientes por perto. Esse passo vai ter um peso ainda maior quando falamos de sua franquia de varejo, já que este tipo de negócio exige uma circulação de clientes ainda maior.

8. Fique por dentro dos concorrentes

Veja se no local que você irá abrir o seu negócio não possuem muitos concorrentes atuantes no seu mesmo segmento. Caso tenha, faça uma comparação com seu negócio, veja os pontos fortes e fracos e o que você deverá melhorar para superar a concorrência. 

9. Não haja por impulso

Sempre tente ser o mais racional possível, analise todos os aspectos do seu negócio e veja o que você tem a ganhar e a perder antes de mergulhar de cabeça. A decisão final deverá ser tomada quando você estiver certo da escolha.

10. Entenda o seu papel

Não tente agir de forma muito independente, lembre-se que em uma franquia você deverá seguir as regras da franqueadora, e não inventar as suas próprias, você deverá atuar conforme a descrição feita no contrato. Caso você não respeite isso, poderá prejudicar a sua parceria de franquia. 

Continue no Blog: Como abrir uma casa lotérica?

Continua depois da publicidade

Entidades:

Tags:

Frases de motivação: as 79 melhores para animar o seu dia

Frases de motivação: as 79 melhores para animar o seu dia

A partir de agora, vamos apresentar as 79 melhores frases de motivação para ajudá-lo a superar os principais desafios do dia a dia. Sabemos que os últimos meses não têm sido fáceis. As frases de motivação ajudam a aumentar a nossa autoestima e promovem o...

Mensagens de Agradecimento: onde encontrar as mais belas?

Mensagens de Agradecimento: onde encontrar as mais belas?

Ter um sentimento de gratidão em qualquer área da vida torna o dia a dia mais prazeroso e dá mais ânimo para enfrentar os desafios diários. Além disso, saber dizer obrigado dá uma sensação de leveza não só para a pessoa que agradece. Dessa maneira, mesmo que você...

Como criar um slogan para sua empresa?

Como criar um slogan para sua empresa?

Se você é dono de uma empresa, negócio ou está começando o seu próprio, então uma coisa que você precisa fazer é chamar atenção para a sua marca, e uma das formas de fazer isso é através do slogan. Afinal de contas, é preciso clientes para você se dar bem no mercado,...

Portal da Drogaria: o que é e como funciona?

Portal da Drogaria: o que é e como funciona?

O Portal da Drogaria é um sistema que atua com uma administração de qualidade e fornecimento de infraestrutura para vários programas de desconto em medicamentos. Desenvolvido em 2006, foi idealizado para fazer integração de farmácias e convênios nos programas de apoio...

Sankhya: como usar e fazer a gestão do seu negócio

Sankhya: como usar e fazer a gestão do seu negócio

A Sankhya Brasil é indicada para aquelas empresas que não sabem para onde está indo o seu dinheiro ou que têm dificuldades para cuidar da administração de pessoas, tomar decisões estratégicas ou que não conseguem ter uma visão completa sobre o seu negócio.  Se você...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest