Bolsa do Povo: o que é e quem tem direito?

bolsa do povo

por Equipe Pink Fire | 28/06/2022 | Notícias | Comentários

Você conhece ou já ouviu falar do Programa Bolsa do Povo? Criado em 2021 no Estado de São Paulo, o principal objetivo do Bolsa do Povo é atender e auxiliar mais de 500 mil famílias que se encontram em estado de vulnerabilidade social em São Paulo. Com isso em mente, o programa reúne várias ações novas e antigas do governo para benefício das famílias.

Entre os novos benefícios da Bolsa do Povo, podemos citar o Vale-Gás, SP Acolhe e o Bolsa Empreendedor. Já entre os benefícios já conhecidos, temos o Aluguel-Social, a Renda Cidadã e o Bolsa Trabalho. 

Neste texto, vamos trazer os principais pontos que você deve conhecer sobre a Bolsa do Povo, especialmente se você for morador de São Paulo. Vamos falar sobre quem tem direito ao programa e também como obter o seu cartão Bolsa do Povo e desbloqueá-lo. Você também pode conferir detalhes de como participar do programa no site da Bolsa do Povo, clicando no menu “Como Participo?” que contém as ações sociais de seu interesse.

Saiba Mais: Matriz GUT: o que é, para que serve e como fazer?

Bolsa do Povo: Quem tem direito aos benefícios e serviços do programa?

bolsa do povo

Agora que você já sabe mais sobre o Programa Bolsa do Povo, vamos falar sobre quem tem direito a cada um dos benefícios oferecidos pelo programa. Vamos começar com a Renda Cidadã, mas saiba que para usufruir desta iniciativa, a pessoa precisa estar inscrita no CadÚnico. Com o Renda Cidadã, às famílias vulneráveis e inscritas na iniciativa recebem uma parcela mensal de R$100.

Mas não é só isso: para conseguir participar do programa, é preciso preencher alguns requisitos, que são os seguintes:

  • Ter uma qualificação profissional considerada baixa;
  • Estar com uma moradia precária ou sem moradia;
  • Ter problemas de saúde ou ser dependente químico;
  • Estar subempregado, com trabalhos informais e “bicos” ou estar desempregado.

O próximo benefício que vamos falar é o Vale Gás e que também faz parte da Bolsa do Povo. Com este vale, a cada dois meses a pessoa recebe R$100 que são pagos em até três parcelas. Para ter direito a este benefício, a pessoa precisa ter uma renda per capita de, no máximo, R$178 por mês.

Saiba Mais: Domínio Web: o que é e como encontrar o melhor?

Um dos benefícios mais recentes a fazer parte da Bolsa do Povo, o SP Acolhe integrou o programa durante a pandemia da Covid-19. Nesta iniciativa, as famílias carentes que perderam algum familiar para a Covid-19 possuem direito a R$1.800, que são entregues em seis parcelas de R$300. 

Para participar do SP Acolhe, também é preciso estar inscrito no CadÚnico. Além disso, a família não pode ter uma renda total que seja maior do que três salários mínimos, ou seja, R$3.646,00. 

Outra iniciativa que também faz parte do programa Bolsa do Povo é o Auxílio Moradia, que é destinado para aquelas famílias que perderam suas moradias em desastres naturais. Neste caso, se enquadra como desastre natural enchentes, deslizamentos de encostas e intervenções urbanas. Para saber como se cadastrar e outras informações a respeito, é preciso ir até a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo.

Caso seja necessário, a Bolsa do Povo também disponibiliza benefícios de saúde, empreendedorismo, trabalho e educação. Outros programas semelhantes são destinados para quem quer ser inserido no mercado de trabalho, alguns deles são:

  • Bolsa Empreendedor;
  • Bolsa Talento Esportivo;
  • Bolsa Auxílio – Novotec Expresso;
  • Ação Jovem;
  • Próspera Família;
  • Prospera Jovem e entre outros.

Saiba Mais: O que é o Google Trends? Saiba como usar nas suas estratégias

Como obter o cartão Bolsa do Povo?

Para receber o seu cartão Bolsa do Povo, é preciso garantir sempre que o seu cadastro esteja atualizado, especialmente o endereço de moradia, podendo fazer isso através do site do programa Bolsa do Povo.

Caso você não tenha acesso a internet e outras formas de atualizar seu endereço, é possível fazer isso presencialmente se dirigindo a um Centro de Referência da Assistência Social (Cras), para solicitar uma atualização de cadastro.

Agora, se você morar em uma área onde a entrega é restrita, o seu cartão Bolsa do Povo ficará na agência dos Correios mais próximo, podendo ser retirado em até 20 dias. Para evitar isso, você pode cadastrar um outro endereço onde a entrega dos Correios possa ser feita.

Você também pode conferir os locais de retirada do cartão da Bolsa do Povo. Neste documento, você tem acesso a um arquivo com todos os locais de retirada detalhados.

bolsa do povo

Se você quer realizar um atendimento, pode fazer isso via Central Eletrônica no WhatsApp através do telefone (11) 98714-2645, que funciona 24 horas por dia. Outra opção é o atendimento via telefone no número 0800-7979-800. Porém, nesse canal o atendimento funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h. 

Saiba Mais: Dieta cetogênica: o que é e cardápio fácil para emagrecer

Como desbloquear o cartão Bolsa do Povo?

Após receber o seu cartão da Bolsa do Povo, é preciso desbloquear para começar a usar. Você pode realizar o desbloqueio de três formas diferentes, são elas: 

  1. Por meio de ligação gratuita no número: 0800 7979 800;
  2. De forma remota através do Portal Bolsa do Povo;
  3. De forma presencial nos totens do Poupatempo.

Caso você queira, também pode usar o cartão para realizar saques em terminais eletrônicos do Banco do Brasil ou em estabelecimentos comerciais, porém somente na função de débito.

Saiba Mais: App Inner Circle: o que é, quanto custa e dicas de paquera

PinkFire

Navegue pelo Site

© Pink Fire – Todos os direitos reservados.