Marcenaria: o que faz, ferramentas e como começar?

marcenaria

por Equipe Pink Fire | 14/07/2022 | Empreendedorismo | Comentários

Você com certeza já precisou de um profissional de marcenaria na sua construção. O marceneiro é o profissional responsável por criar desde objetos a móveis de médio e até grande porte usando a madeira e seus derivados, como por exemplo, objetos de decoração, mesas, cadeiras, portas, armários, dentre outros. A criatividade pode não ter limite e ser uma grande aliada para este profissional.

Os principais materiais usados na marcenaria

Para criar os móveis ou objetos, podem ser utilizados vários tipos de materiais que são derivados da madeira e cada uma delas tem a sua finalidade, podendo ser mais recomendados para o que será construído.

Compensado

É um dos primeiros tipos de madeira fabricada e que também podem ser chamada de compósitos. O compensado é a junção de várias folhas de madeira, coladas umas sobre as outras até formarem uma determinada espessura.

Dessa forma, é possível ter uma placa de madeira mais rígida ou até mais maleável, dependendo da quantidade de camadas e que, devido as camadas, impede que ela se rompa ou estoure quando forem inseridos pregos ou parafusos, como pode acontecer em madeiras maciças, por exemplo.

Aglomerado

É uma composição de serragens de madeira, conhecido também como pó de serras, misturadas com resinas e ceras. O Aglomerado é uma espécie de compensado, porém que existem duas camadas nas extremidades e entre elas a composição de serragens com resinas, formando assim um material mais barato.

Os aglomerados não são resistentes a água e algumas temperaturas, como o compensado e, por isso, o seu custo é mais baixo

MDF

A sigla que batiza esse material vem de Medium Density Fibreboard (Painel de fibra de média densidade). O MDF também é produzido com a combinação de madeira e resinas. Mas, neste caso, a madeira é transformada em um tipo de polpa mais densa, no qual é misturada com a cera e resina para formar a chapa como produto final, semelhante ao compensado.

Um ponto interessante é que o MDF têm propriedades físicas uniformes em toda sua extensão. Isso permite ter mais precisão com cortes e curvas em qualquer direção. A sua composição também permite a resistência contra rachaduras originadas por pregos, parafusos e grampos, assim como o compensado e excelente estabilidade em superfícies curvas, sem causar deformidades.

Você poderá encontrar MDF menos resistentes a água, mais resistentes a água e umidade em versões revestidas ou cru (sem revestimento).

Fórmica

A fórmica é o nome da marca que desenvolveu esse tipo de material muito utilizado para acabamentos em móveis. O material é um revestimento de alta resistência feito por um laminado decorativo aplicado sobre uma resina sob alta pressão. Desse modo, o laminado pode ter várias várias tonalidades, estampas e espessuras, trazendo mais versatilidade e opções para os marceneiros.

Então quando pensamos em Fórmica, estamos falando apenas de um revestimento laminado que já é produzido por diversos fabricantes.

Folhas de madeira

São lâminas feitas de madeiras utilizadas para revestimento que permitem que você construa um móvel com estrutura de MDF ou compensado a ser revestido. Fica com a aparência de madeira nobre, como cerejeiras, imbuia, freijó, dentre outras, e barateando os custos.

Como é trabalhar na área de marcenaria?

A marcenaria é uma área desafiante e exige que profissional use da criatividade e paciência para criar o objeto ou móvel da forma como o cliente pediu, seja reproduzir através do modelo que o cliente lhe apresenta ou modelo por foto ou apenas um desenho.

Ainda é possível que o marceneiro se foque na criação de móveis e buscar vendê-los como uma loja de fábrica ou atuar com móveis planejados, atendendo as necessidades do seu cliente exatamente no espaço do imóvel dele.

O dia a dia do marceneiro podem ter dois cenários:

1. Marceneiro autônomo | Dono de marcenaria

Você poderá ser a pessoa que lida com clientes. E, neste caso, é importante ter um bom relacionamento e jogo de cintura, além buscar interpretar o que seu cliente está buscando e a sua necessidade.

Também será possível que em alguns momentos, o seu cliente peça para que você dê opiniões ou mostre ideias sobre o ambiente que ele deseja que você trabalhe, utilizando da sua expertise para orientá-lo. Por isso, é importante que você tenha um portfólio de seus produtos e registre seus serviços sempre.

Ainda assim você poderá precisar ter o perfil comunicativo e também o perfil técnico, pois é possível que você seja a pessoa que fará as duas atividades, exceto se você já tiver uma equipe para trabalhar para você enquanto exerce atividades comerciais.

2. Marceneiro contratado

Se você o profissional exclusivo para a criação dos móveis, sem precisar lidar com o seu cliente diretamente, você precisará apenas desenvolver o seu lado técnico. Assim, será preciso se especializar nas principais tendências de móveis planejados, estar de olho nas novas ferramentas que irão lhe ajudar a ter uma montagem e/ou acabamento melhor, além de ajudar a reduzir o seu tempo de produção.

Como incrementar a marcenaria

Design de interiores

Além do criar os móveis, você pode se diferenciar com atuação a partir de cursos complementares, como design de interiores, ao qual você terá uma visão mais ampla sobre como ajudar, criar e sugerir mudanças no seu cômodo/ambiente.

O profissional que tiver o bônus do design de interiores poderá desenhar ambientes e projetos completos, principalmente se for o caso de imóveis em primeira moradia ou até mesmo quando o cliente solicitar aquela remodelada total no seu quarto ou sala, por exemplo.

Arquitetura

Caso deseje algo mais completo, o profissional poderá optar pelo curso de Arquitetura, que engloba bem mais conteúdo que o curso anterior, mas que com certeza irá agregar muito ao marceneiro. Entre um e outro, a sugestão é fazer o curso de design de interiores, que deverá complementar mais ao profissional da marcenaria.

Curso complementares

O marceneiro precisa se especializar e estar antenado as tendências de móveis e até mesmo na evolução no processo de fabricação dos mesmos. Por isso é importante buscar cursos complementares.

Uma boa opção é utilizar a tecnologia a seu favor para criar e apresentar seus projetos aos clientes. Hoje em dia existem diversos programas no mercado que permitem desenvolver desenhos de móveis na marcenaria, que adiantam muitas etapas na produção e acaba estimulando ainda mais a criatividade do marceneiro na criação dos seus móveis.

Alguns programas já se tornaram conhecidos na criação de desenhos pelos designers de interiores e arquitetos.

Programas para desenhar móveis em marcenaria

Como já mencionado, há diversos programas para desenvolver projetos, inclusive na marcenaria. Por exemplo, o Autocad e ScketchUp são bem conhecidos na arquitetura e engenharia civil, pois são bem robustos, mas também podem ser utilizados para criação de móveis.

Veja algumas opções, inclusive em aplicativos para smartphones:

  • Autocad;
  • SketchUp;
  • 3Ds Max;
  • Promob;
  • Marcenaria D;
  • VDMax;
  • Revit;
  • Corte Certo;
  • Domuscad;
  • Blender;

Riscos e proteção da profissão

Toda profissão que trabalha com ferramentas trás consigo certo risco, e a marcenaria não está longe disso. Por isso, o ideal é fazer cursos e treinamentos para manusear as máquinas e ferramentas utilizados no dia a dia.

Veja alguns itens de proteção que o marceneiro deve usar:

  • Capacete: Para proteger do impacto de materiais ou ferramentas durante o processo de corte ou até mesmo de montagem;
  • Máscara de proteção: Para proteger a inalação de pós durante o processo de lixamento e também sobre inalação de produtos químicos, como cola e verniz;
  • Protetores auditivos: Para proteger dos ruídos provocados por serra de mesa, furadeiras, lixadeiras e outros maquinários;
  • Luvas antiderrapantes: Para proteger as mãos ao manusear as madeiras, compensados, MDFs e outros materiais;
  • Luva anticorte: Para proteção do marceneiro ao operar com serras de bancada, serras de fita e outros, protegendo as mãos em caso de contato com o disco de corte por algum descuido, evitando um acidente;
  • Óculos de proteção: Para proteger durante o processo de corte das peças ou de lixamento, muitas fagulhas e serragens são arremessados em direção aos olhos do marceneiro. Além disso, também podem acontecer durante o processo de montagem com pregos e parafusos que, por algum descuido, podem ser arremessados ao rosco;
  • Calçados de segurança: Para proteger os pés em caso de queda de cortes de madeira ou ferramentas. Os calçados de segurança têm nas pontas uma proteção para os dedos dos pés em caso de forte impacto;
  • Aventais de raspa: Para proteger de rejeitos lançados em direção ao corpo do marceneiro.

O que é a marcenaria criativa?

A marcenaria criativa tem como objetivo criar peças que tragam funcionalidade além de trazer peças bonitas e que resolvam problema de organização e espaço.

Temos como exemplo os móveis dobráveis que na marcenaria criativa se tornam moveis comuns. Móveis como armários, cadeiras, mesas e também pequenos objetos funcionais ou decorativos são encontrados na marcenaria criativa.

Nesse vídeo do YouTube do Canal Maker Brasil, vem mostrando como você pode criar uma peça de marcenaria criativa, um item decorativo, como uma caixa de cerveja, onde você pode vender e lucrar ou até mesmo presentear alguém.

Um outro exemplo de marcenaria criativa, porém um pouco mais detalhado, você verá no vídeo do Canal Marcenaria e Criatividade, onde é mostrado a criação de produção de um armário bastante criativo.

Como começar a montar uma marcenaria?

Você pode iniciar com uma marcenaria criativa, criando pequenos móveis e objetos e vendê-los através de divulgação em redes sociais e com seus amigos. Dessa forma, você poderá formar um capital com a produção e venda de móveis e ir reinvestindo o lucro para aumentar seus equipamentos.

Nesse fase inicial, você poderá criar coisas como:

  • Mesas de cabeceira;
  • Tábuas de corte de churrasco;
  • Bancos de madeira;
  • Petisqueiras;
  • Pequenos armários.

Você pode começar a construir a sua carreira na marcenaria e com o tempo buscar projetos maiores, como por exemplo em móveis planejados. É importante que você saiba calcular custos e preços sobre os seus produtos para que assim, você tenha uma boa receita para manter o seu negócio, seja ele por hobbie ou profissão.

Outro ponto importante é que você faça pesquisas de lojas de materiais para sua marcenaria. Você deverá encontrar os melhores fornecedores tanto em preço quanto qualidade, buscando o melhor custo x benefício para madeiras, MDFs, compensados, cola, vernizes, pregos, parafusos, puxadores, dobradiças, dentre outros.

Marcenaria: alugar um espaço ou fazer em casa?

Se você estiver começando agora, o ideal é ter o menor custo fixo possível, já que ainda não se tem uma clientela formada. Desse modo, a não ser que você não tenha espaço em sua casa, o ideal é não alugar um espaço nesse momento inicial.

Você poderá montar sua marcenaria no quintal da sua casa, em um espaço coberto e com uma bancada, por exemplo.

Porém se você já trabalha como marceneiro e está buscando expandir o seu negócio e se o seu espaço já não comporta a sua produção de móveis e o seu maquinário, ter um espaço exclusivo para sua marcenaria é o ideal. Mas fique atento aos custos, pois você terá além de aluguel, energia, iptu, água, além dos materiais para compor o estoque do seu negócio.

Que ferramentas de marcenaria devo comprar para começar?

Uma das grandes preocupações de quem quer montar uma marcenaria é achar que o investimento com ferramentas custa uma fortuna. E não é bem assim que acontece, as ferramentas são baratas e com um investimento apenas, você já consegue comprar todas as ferramentas iniciais que precisa.

Algumas ferramentas essenciais para o seu começo são:

1. Furadeira

marcenaria

Fonte: Pinterest

2. Serra Tico Tico

marcenaria

Fonte: Pinterest

3. Parafusadeira

marcenaria

Fonte: Pinterest

4. Trena

marcenaria

Fonte: Pinterest

5. Martelo

marcenaria

Fonte: Pinterest

6. Marreta de borracha (para ajustes)

marcenaria

Fonte: Pinterest

 

7. Nível

marcenaria

Fonte: Pinterest

8. Serrote pequeno

marcenaria

Fonte: Pinterest

9. Alicate

marcenaria

Fonte: Pinterest

10. Chaves de fenda

marcenaria

Fonte: Pinterest

11. Brocas

marcenaria

Fonte: Pinterest

12. Serra circular manual

marcenaria

Fonte: Pinterest

Saiba Mais: Armário de cozinha: 15 ideias fáceis de fazer e se inspirar

Para iniciar a marcenaria pode ser que você não precise de todas essas ferramentas para o início, mas elas serão muito importantes e também serão bem fáceis de encontrar, baratas e fáceis para guardar, não ocupando muito espaço.

Controle seus recebimentos e despesas

É importante que você tenha uma planilha no Excel para registrar todos os valores recebidos de clientes e todas as despesas relacionadas a marcenaria, como:

  • Compra de equipamentos e ferramentas;
  • Itens utilizados na produção como matéria prima;
  • Despesas com um ajudante;
  • Aluguel do espaço;
  • Transporte/entrega dos itens produzidos;
  • Custos com divulgação/atendimento;

Assim você saberá como vai o seu negócio e se seu projeto está indo certo, tudo baseado no controle que você terá registrado em uma planilha ou em algum sistema simples de gestão para pequenos negócios.

Neste vídeo do Canal Adilson Pinheiro, apresenta o seu ponto de vista sobre como ele começaria uma marcenaria agora, do zero, indicando os primeiros equipamentos que ele compraria para iniciar sua jornada como marceneiro em 10 passos.

Faça parcerias e busque aliados

A medida que você e seu negócio forem crescendo, você poderá formar parcerias para expandir ainda mais. Para isso você precisará divulgar o seu produto e serviços para arquitetos, design de interiores, buscar formar parcerias diversas com todos aqueles que rodeiam o mundo da marcenaria.

A indicação de um arquiteto é muito valiosa para o marceneiro, pois é o atestado de qualidade de um bom produto e serviço para um novo cliente que poderá entrar na sua carteira.

Ofereça mimos e apresentações de produtos para eles como forma de divulgar sua nova linha de produtos e demonstrar a qualidade. Se você tiver um pequeno espaço de mostruário, convide-os para conhecer.

As redes sociais também são seus aliados, afinal vivemos em um mundo conectado onde tudo está a um click de distância. Divulgue seus produtos como mostruário e também aqueles após a instalação na residência do seu cliente. Isso servirá para mostrar na prática como o seu serviço é realizado e a qualidade.

Ao mostrar o seu dia-a-dia nos serviços, você trará o público mais pra perto o que resultará em mais confiança.

Se você for atuar na marcenaria criativa, faça postagens em fotos e vídeos dos produtos sendo criados com as etapas do antes, durante e depois. Por fim, faça a demonstração final colocando o preço.

A marcenaria criativa tem um atrativo de que normalmente são móveis únicos e que têm escassez ou que pode ser algo personalizado, para uso próprio ou até mesmo presentes e dependendo do tipo, tendem a ser bem valorizados em sua precificação.

Dicas de cursos para você aprender em casa

Se você busca aprender marcenaria do zero, há ofertas de cursos online para você se aventurar e mergulhar nessa profissão. Veja algumas opções abaixo:

  • Marcenaria Descomplicada 2.0: É um curso que promete ensinar a arte da marcenaria do básico ao avançado. Este curso é um projeto do profissional Leandro Mendes que tem um canal no YouTube de mesmo nome e que conta com 200 mil inscritos.
  • Stopa Lab: É uma plataforma de diversos cursos voltados para a marcenaria. A plataforma é um projeto mantido por Daniel Stopa e Letícia Sabá e que também mantem um canal de mesmo nome (Stopa Lab) que conta com 119 mil inscritos.
  • Marcenaria Caseira: Peças para fazer e vender: É um curso da plataforma Eduk. Nele você irá aprender a produzir pequenas peças para vender ou apenas utilizar e decorar sua casa. Neste curso você irá aprender a produzir coisas como: prateleira para temperos, revisteiro, luminária, estante para livros e outros. Para ter acesso a este curso, você deve ser assinante da plataforma que tem um custo anual de R$360 podendo ser dividido em até 12x de R$30.
  • Marcenaria fora da Caixa: É um projeto e empresa sob o comando de Anne Oelke e que trás vários cursos voltados para o desenvolvimento do profissional que deseja expandir o seu negócio. No site, você terá cursos como:
  1. Curso de Projetos no Promob: O Promob é uma ferramenta para criação de projetos em 3D e assim você poderá criar e desenvolver seus móveis dando mais recursos para apresentar a seu cliente. Este é um curso para iniciantes na ferramenta;
  2. Curso de Promob Real Scene: É um curso com conteúdo mais avançado da ferramenta, mais voltado para técnicas de renderização trazendo mais realismo para seus projetos;
  3. Curso de marketing para marcenarias: É um curso que promete ensinar como aplicar estratégias de marketing e assim alavancar o seu negócio e suas vendas, exclusivo para marcenarias;
  4. Curso de Promob – configurador de dimensões, orçamento e plano de corte – É um curso que promete ensinar o passo a passo para fazer configuração de dimensionamento com personalização do Promob permitindo criar modulações para projetos de cozinhas e dormitórios. Também ensinar como realizar orçamentos de seus projetos utilizando o Promob e a integração de seu projeto com plano de corte com o Maxcut;
  5. Curso Instagram para Marcenarias: É um curso para ensinar ao marceneiro a utilizar o Instagram como uma ferramenta poderosa como vitrine e portfólio. Também promete ensinar estratégias para crescer o seu perfil na rede social, aumentando seu alcance e engajamento para assim potencializar a conversão de seguidores em novos clientes.
PinkFire

Navegue pelo Site

© Pink Fire – Todos os direitos reservados.