Consulta score: 4 formas de consultar seu cadastro positivo

Consulta Score

por Equipe Pink Fire | 22/06/2022 | Notícias | Comentários

Consulta score: saiba como consultar o seu Cadastro Positivo, o que é, como funciona, vantagens e desvantagens trazidos pelo programa e como ele pode ajudar na sua vida financeira.

Consulta Score: O que é o Cadastro Positivo?

É um banco de dados com o histórico de movimentações financeiras positivas. Diferentemente do score, que registra as suas contas em atraso, dívidas em aberto ou quando você pede crédito e não consegue pagar um débito, o Cadastro Positivo irá mostrar os seus bons hábitos de consumo e tudo aquilo que está ao seu favor.

Por exemplo, vai ser apontado ações como pagar a fatura do cartão de crédito em dia, o pagamento de contas com antecedência, como contas de energia e água, negociação e pagamento de dívidas, entre outros.

O Cadastro Positivo funciona como um currículo financeiro, que vai informar aos birôs de crédito e outra instituições financeiras, se você é um bom pagador, permitindo fazer uma melhor avaliação do perfil financeiro de cada pessoa.

Uma empresa que faz liberação de crédito terá mais facilidade em saber que aquela pessoa paga suas contas em dia ou não, fazendo uma melhor avaliação e eliminando o risco de inadimplência por parte dessa pessoa. Dessa forma, podem oferecer as melhores opções de crédito de acordo com cada perfil analisado.

Já para os consumidores, a boa notícia é que o Cadastro Positivo facilita as ofertas com boas taxas de juros e mais facilidade na hora de conseguir crédito.

Resumindo, o objetivo principal do Cadastro Positivo é facilitar o crédito e reduzir as taxas de juros para consumidores e empresas que cumprem seus compromissos financeiros. Isso porque o banco de dados permite o acesso a informações que atualmente não são consideradas nas avaliações de crédito.

Desta forma, cada instituição financeira tem potencial para realizar uma avaliação de risco mais personalizada. Além disso, a ideia é dar mais confiança aos empresários no processo de análise e concessão de financiamentos, empréstimos e compras regulares.

O compromisso, conforme orientado pela SPC Brasil, é garantir que a proteção de dados sensíveis e o próprio sigilo bancário sejam resguardados, assim como todos os demais requisitos previstos na Lei de Defesa do Consumidor.

Saiba Mais: Empréstimos no cartão de credito: como fazer?

Para que serve o Cadastro Positivo?

Inúmeras instituições financeiras não possuem acesso amplo à base de dados, em relação à inadimplências dos consumidores. Sendo assim, elas precisam recorrer às empresas especializadas nessas informações, os famosos birôs de crédito.

Atualmente os birôs de crédito, autorizados pelo governo são:

  • SPC Brasil;
  • Serasa Experian;
  • Quod;
  • Boa Vista SCPC

Vale ressaltar que apenas os birôs legalmente habilitados pelo Banco Central é que podem ter livre acesso a essas informações, prezando pela privacidade e segurança da informação.

Esses birôs reúnem informações recebidas por empresas que concedem crédito e uma nota chamada score de crédito. Uma pontuação boa será determinante para que o mercado de crédito possa confiar na capacidade do consumidor de pagar os seus débitos em dia.

Cada birô possui os seus critérios individualmente para poder avaliar o score. Logo, o score pode ser diferente em cada um deles.

Com a implantação do Cadastro Positivo, além dos birôs de créditos terem a oportunidade de fazer uma melhor avaliação, as pequenas cooperativas de crédito e até fintechs, são capazes de acessar mais informações sobre aqueles consumidores que não estão negativados.

É importante dizer que as informações e dados compartilhados através do cadastro, só devem ser utilizadas para a análise de perfil de crédito.

Quais empresas podem ter acesso às informações do Cadastro Positivo?

Pessoas naturais ou jurídicas que possuem ou que desejam manter algum tipo de relação, seja de crédito ou comercial, com o CNPJ ou CPF em questão. Entre elas, podemos encontrar:

  • Bancos;
  • Comércios.
  • Concessionárias;
  • Financeiras.

Como surgiu o Cadastro Positivo?

Antes da existência do Cadastro Positivo, as avaliações realizadas pelos credores eram baseadas apenas nas contas e dívidas em aberto. Dessa forma, o risco de crédito era maior, tornando as condições para ter acesso ao crédito mais restrito e encarecendo as ofertas de concessão.

No Brasil, deu-se vida ao Cadastro Positivo em 2011, tornando-o operacional no ano de 2013. Até pouco tempo atrás, em 2019, o registro dos nomes dependia dos consumidores se manifestarem e demonstrarem interesse no registro.

A Lei Complementar nº 166/2019 introduziu diversas inovações na Lei nº 12.414/2011 (Lei de Cadastro Positivo), entre elas, a autorização para a inclusão automática de todos os consumidores no cadastro.

Ou seja, os gestores dos bancos de dados podem abrir o cadastro com as informações de adimplemento, tanto de pessoas físicas, quanto jurídicas, sem a necessidade de autorização prévia.

Entretanto, os birôs de crédito devem notificar o consumidor, em até 30 dias, que o cadastro foi aberto. O consumidor tem a opção de não fazer parte do Cadastro Positivo, podendo cancelar a qualquer momento.

Caso decida manter, saiba que o Cadastro Positivo é grátis para todos. Você não precisa pagar nada por esse serviço que traz muitas soluções.

O que o Cadastro Positivo tem a ver com o seu Score?

Além de fornecer informações sobre o perfil de pagador de um consumidor, o registro ativo pode ajudar a melhorar a pontuação de crédito, o que, por sua vez, aumenta o acesso dos consumidores a empréstimos, cartões de crédito ou linhas de crédito e financiamento.

Mas as alterações de pontuação que estão sendo registradas não são imediatas e serão diferentes em cada caso. Na nota 2,0 do Serasa, as informações dos cadastros positivos compõem 62% da nota.

Entretanto, as alterações vão depender da quantidade de informações recebidas, da relevância das informações já existentes no banco de dados e se indicam maior probabilidade de inadimplência.

O que consta no Cadastro Positivo e como fica o sigilo dos dados?

O cadastro possui os dados financeiros e de pagamento, em relação a operações como financiamentos, crediários, empréstimos e contas de serviço, como a de telecomunicações.

De acordo com o SCPC Boa Vista, o cadastro ativo não compromete o sigilo bancário e não viola a privacidade dos dados dos cadastrados. A divulgação de informações pode resultar em prisão de 1 a 4 anos e multa nos termos da Lei Complementar 105 (Lei do Sigilo Bancário).

Além disso, o Registo respeita todas as garantias para os consumidores ao abrigo da Lei de Defesa do Consumidor.

Independentemente disso, enquanto consumidores e empresas aparecem automaticamente na lista de bons pagadores, suas respectivas pontuações só podem ser observadas por empresas que avaliam negócios e transações comerciais que concedem crédito ou impliquem risco financeiro.

Para operações que envolvam risco financeiro, apenas as informações do histórico de pagamentos estão disponíveis,

Formas de consultar seu Cadastro Positivo

Como mencionado no início do artigo, temos 4 birôs principais atuando em nosso país: Serasa Experian, SPC Brasil, Boa Vista SPC e Quod. Para consultar as suas informações é necessário acessar o site, fazer os seus cadastros e confirmar as informações.

Lembrando que, ainda que a lei permita o ingresso automático dos seus dados no Cadastro Positivo, você deve realizar a sua inscrição.

Como consultar meu Cadastro Positivo pelo Serasa Experian?

Acesse o seu Serasa Score, o mesmo utilizado para consultar o seu CPF. Caso seja o seu primeiro acesso, será necessário a realização do cadastro no site.

Lá, você encontrará informações sobre o funcionamento do Cadastro Positivo, quem acessa as suas informações e informações para o cancelamento.

Saiba Mais: Como aumentar o Score Serasa: 5 dicas infalíveis 

Como consultar meu Cadastro Positivo pelo SPC Brasil?

No portal do consumidor SPC Brasil, se você ainda não possuir um acesso, você deverá criar um, informando todos os seus dados para que possa avançar e fazer o seu Cadastro Positivo no site.

Como consultar meu Cadastro Positivo Boa Vista?

Assim como acontece com os outros birôs, não basta apenas os dados estarem autorizados para consulta, é preciso que você ative o seu cadastro. Para isso, basta entrar no site Boa Vista e ir em “Consultar CPF” para conferir se seu nome está ou não ativo no Cadastro Positivo.

Caso não esteja, você pode preencher os dados solicitados como nome completo, data de nascimento, endereço e e-mail. Lembre-se sempre de manter as informações atualizadas.

Como consultar meu Cadastro Positivo Quod?

Para consultar o Score de crédito e outras informações disponibilizadas através do Cadastro Positivo, entre no site da Quod, preencha o formulário com as suas informações pessoais como CPF, endereço, CEP e e-mail.

Após esse cadastro, será enviado um link de confirmação através de um SMS. Você deverá enviar uma selfie e uma foto da sua identidade.

Como cancelar o Cadastro Positivo?

O processo para cancelar o Cadastro Positivo é basicamente o mesmo, para quem já possui o registro basta acessar o site do respectivo birô e procurar pela opção “Cancelamento”. Aqueles que não possuem registro, precisam passar pelo mesmo processo de primeiro consulta, informando os seus dados.

Após a exclusão ser solicitada, o pedido deve ser atendido em até dois dias úteis. Além disso, as informações devem ser compartilhadas com todos os gestores de bancos de dados, para que não seja necessário entrar em contato com cada instituição.

A solicitação do cancelamento também pode ser feita via telefone, ou no caso da Quod, por correio. No caso da Quod, é necessário enviar uma cópia (autenticada) do seu documento de identificação e um formulário com firma reconhecida para o seguinte endereço: Alameda Araguaia, nº 2104, 8º andar. CEP 06455-000, Barueri-SP.

Os números para cancelamento dos outros birôs são:

  • Serasa: 0800 776 6606;
  • SPC: 0800 887 9105;
  • Boa Vista: (11) 3003-0101

Vantagens e Desvantagens do Cadastro Positivo

Vantagens

As principais vantagens são que o Cadastro Positivo é um grande aliado para o consumidor ser reconhecido como um bom pagador, se assim for, além de aumentar sua pontuação.

Mesmo que você, uma vez ou outra, atrase uma conta, o Cadastro Positivo levará em consideração todo o seu histórico. Com isso, a diminuição dos pontos não será tão alta.

O Cadastro Positivo é uma ótima alternativa para aqueles que buscam melhorar o histórico a fim de adquirir um patrimônio, por exemplo, já que isso irá impulsionar a reputação financeira.

Além do mais, o Cadastro Positivo permite uma avaliação do perfil financeiro mais justa, principalmente dos autônomos e todos aqueles que possuem dificuldade para comprovar renda.

Desvantagens

Caso o consumidor fique com o nome “sujo” uma vez, essa informação constará no sistema por um longo período de tempo, diferente do que acontece no cadastro negativo, já que o período máximo é de 5 anos.

O Cadastro Positivo não é capaz de garantir com 100% de certeza maior facilidade para adquirir crédito, mesmo que o consumidor tenha acesso aos bancos de dados, não há garantias.

Vale a pena ter Cadastro Positivo?

Independentemente de você obter ou não benefícios de crédito por manter suas contas em dia e manter seu nome fora da lista de devedores, ficar sem dívidas é a sua realidade para sua saúde financeira.

Se você tem um cadastro ruim ou está tentando manter uma boa forma de pagamento, recomendo que comece a usar um aplicativo de acompanhamento financeiro ou planilha para organizar suas finanças. Essas ferramentas ajudarão você a lidar com suas prioridades financeiras e, quando for o caso, se organizar e sair das dívidas.

Se você ainda ficou com alguma dúvida sobre o Cadastro Positivo, não deixe de conferir o vídeo do Youtube do Advogado Ricardo Reis:

Saiba Mais: Cartão de credito para score baixo: quais os melhores?

PinkFire

Navegue pelo Site

© Pink Fire – Todos os direitos reservados.