O que é Marketplace? 5 motivos para usar e vender online

por | dez 11, 2020 | Venda mais | 0 Comentários

Muitas vezes o marketplace é confundido com o e-commerce. Porém, apesar de ter o mesmo fim, que é a venda, são conceitos diferentes. Hoje vamos falar sobre o que é marketplace e como você pode utilizá-lo em seu negócio.

Várias empresas do setor vem se destacando. Principalmente, depois dos marketplaces movimentarem as vendas pela internet, fazendo a ponte entre oferta e demanda de produtos através de uma plataforma online.

Mas afinal, o que é Marketplace e como funciona?

O que é Marketplace e o que significa

Marketplace é um espaço criado no ambiente online, que tem por finalidade reunir vendedores de produtos com seus clientes. Basicamente, podemos dizer que um marketplace é uma espécie de shopping online.

A vitrine online compartilhada gera vantagens para todos os lados. Com uma consulta rápida, quem é cliente consegue comparar preços, prazos e valores de entrega. Já quem está vendendo, conta com um espaço apropriado e seguro para a divulgação de seus produtos e otimização de gastos com divulgação. Por fim, quem disponibiliza esse espaço ganha com comissões geradas pelas vendas.

Continua depois da publicidade

Marketplace no Brasil

No Brasil, esses espaços começaram a surgir em 2012 e hoje já são inúmeras opções. Empresas como Mercado Livre, Lojas Americanas, Magazine Luiza, OLX, Amazon, Shoptime e outros, são alguns exemplos de lugares em que o marketplace acontece.

Outro local muito usado por aqui é o Facebook Marketplace. Dentro da rede social, também é possível comprar e vender produtos. Porém, ao contrário do Marketplace Mercado Livre, por exemplo, o foco do Marketplace no Facebook é mais a venda de itens usados, entre pessoas físicas.

Saiba Mais: Como vender mais usando o Facebook Marketplace

5 vantagens de usar um marketplace

Para quem possui um negócio e comercializa produtos, utilizar um Marketplace pode gerar muitas vantagens como:

1. VISIBILIDADE

Certamente essa pode ser uma das principais vantagens. Quando um site possui uma grande quantidade de acessos, significa que ele mantém um público sólido. Ou seja, as pessoas já o consideram referência para compras online, atraindo o público que tem o hábito de realizar esse tipo de transação.

Sendo assim, há uma diminuição dos investimentos em anúncios, por parte dos vendedores.

Para quem está começando um novo empreendimento, essa vantagem é ainda mais acentuada, pois mesmo a empresa não sendo conhecida, poderá utilizar da popularidade do marketplace para realizar suas vendas.

Um exemplo disso é que a maioria das pessoas conhecem o marketplace Americanas, mas a grande maioria dos produtos comercializados no site são de empresas terceirizadas.

2. AUMENTO NAS VENDAS

A audiência elevada e o prestígio de alguns marketplaces podem significar um aumento nas vendas do seu negócio.

Além disso, como essas empresas precisam que você venda para que elas tenham lucro, também investem muito em anúncios e promoções, consequentemente atraem cada vez mais potenciais compradores ao seu negócio.

3. CUSTOS X RETORNO

Ao utilizar um marketplace em seu negócio, os custos fixos de hospedagem de site, publicidade e canais de atendimento, por exemplo, são diluídos com os demais participantes.

Sendo assim, não há investimentos iniciais com tecnologia, marketing e mídia.

A margem de lucro, consequentemente tende a ser maior, pois o único custo dos lojistas é sobre vendas efetivas (comissões). Logo, se ele não vende, também não há custos.

4. SEO

Sabe quando você procura por um produto no Google e logo aparecem uma lista de sites que ofertam aquela mercadoria?

Utilizando um marketplace conhecido, as chances do seu produto ser um dos primeiros a aparecer em uma pesquisa do Google são altas.

Devido ao grande número de acessos, esses sites costumam ser bem indexados nos sites de pesquisas.

Continua depois da publicidade

Assim, se o seu negócio já tem um site próprio, também irá tirar proveito dessa vantagem do marketplace.

5. PÚBLICO DIVERSIFICADO E CRESCIMENTO DA SUA EMPRESA

Assim como entre as vantagens do marketplace estão a visibilidade e o aumento das vendas, essas duas têm como consequência outra vantagem: o crescimento do seu negócio.

Como esses sites conseguem divulgar seus produtos para um público bem diverso e volumoso, você acaba conquistando novos clientes que certamente não alcançaria se estivesse trabalhando sozinho.

Esse público diversificado poderá abrir espaço para que sua empresa também diversifique os produtos, culminando assim, no crescimento de sua marca.

o que é marketplace

O que é Marketplace: nichos de mercado

Demos destaque até o momento aos marketplaces que vendem produtos. De fato, eles são os mais famosos e com número de vendas que chamam a atenção. Porém, é interessante saber que existem vários tipos de marketplaces na rede.

Os marketplaces por nichos de mercado podem ser uma alternativa para vender seus produtos.

Os nichos são uma parcela específica do mercado. Podemos citar como exemplo aqui a Netshoes. Um espaço de vendas dedicado exclusivamente para quem quer comprar artigos esportivos.

Quando você opta por utilizar um marketplace para o seu nicho específico, encontrará um público mais bem decidido sobre o que procura. Com isso, suas chances de venda são maiores.

Quanto mais específico for, maior é a taxa de conversão. Isso porque o nicho trabalha com essa parcela pouco explorada do mercado e que, no caso, tem menos concorrência.

Os esforços das estratégias de marketing nesses ambientes são consideravelmente reduzidos. Isso porque ele já tem um público bem segmentado. Agora, não são mais necessários números de acesso exorbitantes para alcançar uma meta de venda.

Continua depois da publicidade

O que é Marketplace: exemplos

Abaixo você encontrará exemplos mais diversificados de marketplaces. Alguns antigos no mercado, outros novos e que já alcançaram em pouco tempo muita popularidade.

1. AMAZON

A Amazon é um marketplace de produtos físicos. No início, seu foco era apenas livros e DVDs.

Porém, como esses mercados sendo substituídos por tecnologias como Netflix e e-books, eles reinventaram a sua loja online. Hoje é um dos marketplaces mais conhecidos do mundo.

2. Enjoei

A Enjoei é um marketplace de referência no mundo da moda. Além de ser um marketplace de nicho específico, costuma promover a sustentabilidade.

Nele, qualquer pessoa pode realizar seu cadastro e vender seus produtos como desapego. São comercializados diariamente roupas, calçados e acessórios de segunda mão (usados).

3. Uber

A Uber, diferentemente dos exemplos do que é marketplace anteriores, é um espaço de serviços e não de produtos físicos.

Com a popularidade da marca, a Uber expandiu para os serviços de delivery de alimentos e entregas de mercadorias.

4. Airbnb

Outro exemplo do que é marketplace de serviços.

Focado no mercado de aluguéis de imóveis para temporadas, o Airbnb veio para revolucionar a forma como turistas conheciam a hospedagem fora de suas casas. Depois de conhecido, começou a explorar os serviços de experiências nos locais de destinos dos viajantes. Como, por exemplo: passeios, guia turísticos e outros.

5. Elo 7

A Elo 7 é um site especializado em vendas de produtos com uma abordagem mais artesanal. Lá, você consegue encontrar produtos decorativos, feitos por artesões, além de lembranças, bijuterias e artigos para artesanatos.

O mais legal desse espaço é a venda de produtos por encomenda e personalizados. Ou seja, você pode negociar com o artesão a fabricação de um produto do jeito que você deseja (cor, formato, tamanho).

6. Facebook

Sim, o próprio Facebook inovou e criou o seu Marketplace para redes sociais. A ideia aqui foi popularizar o espaço que não é exclusivo para lojista.

Lá, você pode encontrar de produtos novos a usados. De pessoas físicas ou jurídicas. A única exigência é ter uma conta (perfil) em sua plataforma.

Saiba Mais: Como vender mais usando o Facebook Marketplace

7. Magazine Luiza

O Magazine Luiza é um exemplo clássico do que é marketplace e de quem acompanha a evolução do mercado.

O negócio que nasceu da venda física de mercadorias, depois para vendas online de produtos próprios, agora é um gigante também no mercado de marketplace.

O que é Marketplace: conclusão

Se você está pensando em criar uma loja online para o seu negócio, porém tem pouco recurso inicial para investir, vale a pena estudar as opções de marketplaces que irão cobrar de sua empresa apenas o pagamento de uma comissão.

Mesmo que você já tenha sua loja virtual, esse modelo de negócio online pode ser uma boa opção para seu negócio prosperar. Atraindo novos clientes potenciais e dando mais visibilidade a sua vitrine na rede.

Saiba Mais: Crie seu mercado no mundo digital: aprenda a viver de commerce com a estratégia que levou inúmeros negócios on-line a sair do zero e ultrapassar os R$100 mil em vendas por mês

O importante é estudar qual opção é melhor para a sua empresa. A qualidade, segurança e credibilidade da marca onde você deseja exibir seus produtos e o suporte que esse espaço oferece aos usuários.

Um marketplace pode ser um atalho rápido entre você e um cliente que ainda nem conhece o seu empreendimento.

Agora que você já sabe o que é marketplace você pode contar aqui nos comentários se pretende começar a usar algum dos nossos indicados.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Conteúdo Relacionado

Como encontrar influenciadores para promover seu negócio?

Como encontrar influenciadores para promover seu negócio?

O marketing com influenciadores é um excelente canal para promover uma empresa. Descubra como encontrar influenciadores para promover seu negócio e como usar esse modelo para decolar suas vendas.  Contar com a ajuda de influenciadores digitais, é um atalho que seu...

Upsell: o que é e como usar para aumentar seu lucro

Upsell: o que é e como usar para aumentar seu lucro

Você já ouviu falar em upsell? Esta é uma estratégia muito comum e que pode ser usada para aumentar os lucros do seu negócio. Com ela, você pode melhorar suas margens e, ao mesmo tempo, oferecer uma vantagem para seus clientes. Hoje você vai saber como aplicar o...

Vender pela Internet: O que você precisa para começar?

Vender pela Internet: O que você precisa para começar?

Muita gente acha que precisa de um site, toda uma parafernália, para começar a vender pela Internet. Não! Você não precisa de nada disso para começar.  Você precisa, basicamente, de 2 coisas: 1. Fontes de tráfego 2. Um lugar para conversar com seus clientes Fontes de...

Qual é o melhor teste de velocidade de internet?

Qual é o melhor teste de velocidade de internet?

Se você quer saber qual é o melhor teste de velocidade de internet, neste post vamos listar os melhores sites e ferramentas para rodar o conhecido speedtest para saber em detalhes como está sua conexão. Fazer um teste de conexão é simples e várias empresas fornecem...

Datas comemorativas: 17 dias para aumentar as suas vendas

Datas comemorativas: 17 dias para aumentar as suas vendas

As datas comemorativas são aquelas ocasiões festivas em  que se comemora ou homenageia algo ou alguém. Já é prática comum no mercado grandes acontecimentos comerciais durante essas comemorações. Quem trabalha com vendas sabe muito bem que vender não é só atender o...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest