O que é Datalake? Saiba tudo aqui

por | jan 18, 2022 | Tecnologia | 1 Comentário


Você sabe o que é Datalake? Sabia que empresas estão usando esse tipo de tecnologia para melhorar a segurança de dados e organizar de uma forma melhor as informações? Esse recurso ganha cada vez mais espaço porque em diversos casos, as ferramentas habituais de armazenamento não garantem a agilidade e a flexibilidade para reproduzir insights que o negócio demanda de um volume de dados que está em constante crescimento.

O que é o Data lake?

A expressão Data lake (Lago de dado, em português) foi idealizado por James Dixon, Chief Technical Officer (CTO) da Pentaho, um programa de código aberto para inteligência empresarial.

O termo lago se encaixa perfeitamente na expressão devido que essa tecnologia reúne um conjunto de dados em seu estado natural. Assim, os seus dados correm de várias fontes para o Data lake e são guardados em característica original.

Dessa maneira, o Data lake é uma espécie de repositório que reúne conjuntos grandes e variados de informações em formato nativo. Então, com essa tecnologia, a pessoa tem uma versão não refinada dos dados. Essa ferramenta de administração é cada vez mais utilizada em negócios que precisam de um vasto repositório para guardar dados.

Um dos pontos fortes do Datalake é que todos os dados são mantidos, ou seja, nada é retirado ou filtrado antes do armazenamento. Os dados podem ser utilizados quando a pessoa desejar e até mesmo nunca usar, mas é preciso ter alguns cuidados como será detalhado mais adiante. Além disso, eles podem ser consultados para vários fins, o que não acontece quando os dados são refinados para um objetivo específico e o reuso é mais complicado.


Saiba mais: O que é Google Drive e como usar?

No Data lake, as informações são modificadas somente quando são retirados para análises, através de aplicação de esquemas. Esse procedimento recebe o nome de “esquema para leitura” por conta que os dados brutos se mantêm com essa característica até que fiquem prontos para ser usados.

Normalmente, o Datalake permite a coleta de insights e a produção de relatórios tendo como base um Data lake ad-hoc. Isso significa que as pessoas não precisam gerar com constância relatórios analíticos de outra plataforma ou outro tipo de repositório. Assim, quem usa esse sistema pode usar um esquema e automatizar a cópia de um relatório, caso precise.

Essa tecnologia é um sistema bem útil dependendo do seu tipo de negócio, mas também é preciso dedicar atenção em manutenções recorrentes. Sem essa gestão, existe a possibilidade dos arquivos se transformarem em lixo eletrônico, ou seja, ficam inacessíveis, pesados, caros e imprestáveis.

Datalake - foto 1

Foto: divulgação/AWS re:Invent ANT 316


O processo em que os data lakes ficam sem funcionalidade ganham o nome de data swamps, (pântanos de dados, em português).

Detalhes de um DataLake

O Data Lake possuí algumas características próprias, que são as seguintes:

  • Reuni todos os dados do usuário em um único local
  • Recebe dados estruturados, semi-estruturados e não-estruturados.
  • Ótima performance em ingestão e em acesso consumption.
  • Pequeno custo de armazenamento.
  • Possui e segue regras de segurança e proteção de dados.
  • Separa o armazenamento do processamento, o que permite grande performance e boa escala.

Quando os data lakes são úteis?

A tecnologia Data Lake pode ser útil quando a pessoa precisa trabalhar com um grande montante de dados. Isso quer dizer que, normalmente, o Data lake é usado para um volume de petabytes ou exabytes de dados. Para se ter uma noção, um exabyte equivale a um bilhão de gigabytes.

Caso você utilize poucas origens de arquivos, um pequeno montante de dados, formatos padronizados de informações, e todo o processo pode ser facilmente acessado e analisado em um único banco de dados, é bem provável que usar o Data lake seja uma ferramenta obsoleta e exagerada, podendo até mesmo gerar situações desnecessária e um investimento sem necessidade.

Agora, se o seu negócio exige uma grande demanda de armazenamento de dados, o Data lake pode ser uma ferramenta bem-vinda. Para facilitar, se as respostas a seguir forem positivas é bem provável que o seu negócio precise dessa ferramenta:


  • Precisa usar um streaming de dados (Click Streams, por exemplo)?
  • Os dados armazenados possuem diversas fontes de origem?
  • Os dados têm diversos formatos?
  • O volume de dados é bem grande (petabytes, exabytes)?

De toda forma, antes de implementar essa tecnologia no seu negócio é preciso que estude bastante essa ferramenta para que não aconteça problemas no futuro, podendo render até prejuízos gigantes.

Data Warehouse e Data Lake

O Data Warehouse também é uma tecnologia de armazenamento de dados conhecido no mercado, entretanto, essa ferramenta é destinada a informações que já foram tratadas e padronizadas, e que exige uma disposição de uma maior investimento financeiro. Assim, a sua maior funcionalidade é disponibilizar uma versão “limpa” das informações, voltadas para um objetivo.

Para que fique claro, dentro desse segmento existe uma analogia conhecida que fala de uma garrafa e um lago que simplifica a diferença entre o Data Warehouse e o Data Lake. O Data Warehouse pode ser entendido como uma água de uma garrafa, que vem de apenas uma única fonte, preparada para o consumo. Já o Data lake pode ser visto como um lago, que tem grande proporção de armazenamento de água em sua forma natural, sendo munido por várias fontes.

Então, a proposta das duas tecnologias é diferente, apesar de ambas poderem armazenar arquivos. Sendo assim, quem estiver procurando esse tipo de ferramenta precisa compreender, analisar suas demandas e fazer um projeto com o foco de estimar a quantidade de dados que vai ser usado em seu negócio, com o foco em decidir pela alternativa com o melhor custo benefício para as suas demandas.

Sobre o investimento, o custo de armazenamento do Data lake é menor do que o Data Warehouses. Só tenha cuidado de não escolher a tecnologia mais barata e acabar não suprindo as suas demandas, assim, gerando ainda mais custos, o famoso “o barato sai caro”.


Benefícios de usar Datalake

Para que fique claro, confira, a seguir, uma síntese dos benefícios do Data Lake:

  • Grande capacidade de armazenamento de dados.
  • É compatível com qualquer formato de dados.
  • Aceita a modificação de dados a qualquer momento.
  • Permite que ocorra acessos simultâneos dos seus dados.
  • Oferece os dados em estado bruto, o que contribui no momento que for necessário fazer uma análise e gerar uma solução em possíveis problemas, podendo usar até mesmo outras plataformas.

Por que usar o Data lake na empresa?

Caso você tenha identificado a necessidade de usar o Data lake na sua empresa ou negócio, mas ainda está em dúvida se realmente vale a pena fazer esse investimento, então, veja alguns motivos para aderir a essa ferramenta.

Primeiro de tudo, tenha em mente que os dados fazem parte dos momentos de decisão dentro de uma empresa, pelo menos quando o local usa uma administração profissional, ainda mais hoje em dia que diversas empresas usam um grande volume de informações.

Por conta desse grande montante de dados, sem as ferramentas ideais, o trabalho de prospecção e modelagem desses dados se torna uma atividade humanamente impossível.

Assim, se a sua empresa possui uma demanda de Datalake, pode ser uma boa alternativa usar essa ferramenta, pois ela vai fazer toda a diferença na hora de tomar as decisões.


Confira algumas vantagens dessa tecnologia.

Maior flexibilidade na análise de dados

Não são todos os casos que o processo de análise de dados se inicia de maneira clara e com a informação a ser mexida pronta para o uso. Em casos como esse, um Data lake vai ajudar no sentido de possibilitar uma garimpagem de informações de vários tipos e que vão poder ser usados como ponto de início de futuros relatórios

Aprimoramento de dados

Um dos pontos mais fortes do Data Lake é justamente poder armazenar os dados no formato original, independente de qual seja, mas, existem técnicas que ajudam a melhorar a performance e otimização de dados. Um exemplo disso é transformar os seus dados para o formato Parquet.

O Parquet é um formato que usa armazenamento colunar em vez de linear como o CSV. Para compreender o benefício dessa dica, no Apache Spark, por exemplo, verificações que demoram em torno de 12h para serem feitas lendo de um formato CSV podem ser realizadas em até uma hora com Parquet, uma otimização de onze vezes no tempo de resposta.

Melhor gestão em grandes volumes de dados

Muitas empresas trabalham com um volume de informações na casa do terabytes ou até mesmo superior a isso. Dessa forma, o Data lake é a tecnologia que proporciona a maior praticidade de garantir que a administração da empresa vai ter a quantidade de dados certos para conceber insights de valor.


Segurança nas informações

Assim que você decidir que vai usar o Data lake, ao mesmo tempo também é preciso já planejar as ferramentas de segurança de dados. Através de configurações e plataformas especializadas nesse tipo de serviço, você pode determinar que somente as pessoas que realmente necessitam ter acesso as informações podem entrar nos arquivos e modificá-los.

Outro ponto de atenção é pensar no grau ideal de durabilidade das informações. Existem ferramentas que permitem administrar isso e dependendo das suas decisões, os custos podem ser grandes ou pequenos.

Além disso, também é preciso verificar a criptografia dos dados. Você pode reunir suas chaves, por exemplo, no Amazon KMS e usá-las para criptografar e descriptografar as informações para ampliar o grau de segurança dos dados.

Custo da tecnologia

O Data lake além de mais barato que o Data Warehouse, é mais simples de assimilar, pois não precisa de toda a arquitetura para estruturar os dados. Por conta disso, o valor do custo para a implementação dessa tecnologia em seu negócio pode caber no seu bolso.

Pontos de atenção para implementar o Data lake

O Data lake é uma ferramenta que oferece um espaço virtual na qual prioriza disponibilizar uma maior quantidade de armazenamento do que a qualidade de informações.


E por conta dessa grande possibilidade de reunião de dados é preciso ter atenção para que as informações não se transformem em data swamp, o que tornará os arquivos sem utilidade, o que pode gerar um enorme prejuízo.

Com isso, um dos grandes desafios de instalar o Data lake é tornar essa tecnologia efetiva para a empresa, isso significa deixar a ferramenta como uma fonte de informação importante e que possa ser estruturada para os fins definidos.

Procure um serviço de qualidade e confiável

Para poder usar ao máximo todos as vantagens da tecnologia, você precisa pesquisar bem, encontrar empresas que ofertam esse serviço e se encaixe com a sua demanda. Ache parceiros que disponibilizem todo o potencial do seu Data lake, além de permitir a integração dessa tecnologia com outras ferramentas, principalmente as de segurança.

Só não esqueça de realizar as manutenções recorrentes para que os seus dados não se tornem inutilizáveis. Com tudo isso em mente, crie seu planejamento de soluções e serviços para aderir essa tecnologia.


Entidades: Amazon

1 Comentário

  1. Lia

    acho que vcs erraram numa palavra, e REUNE e nao REUNI.

    “Detalhes de um DataLake”
    O Data Lake possuí algumas características próprias, que são as seguintes:

    Reuni todos os dados do usuário em um único local

    otimo post!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.