Melhor forma de impulsionar no Facebook: Impulsionar ou criar um anúncio?

por | maio 3, 2021 | Facebook | 0 Comentários


Se você é produtor de conteúdo nas redes sociais ou se interessa por marketing digital é muito importante saber a melhor forma de impulsionar no Facebook o seu anúncio. As técnicas que abordaremos nesse texto são de extrema utilidade para que o seu negócio ou a sua empresa atinja o objetivo pretendido.

O Facebook oferece diversos recursos e possibilidades para a personalização dos anúncios, de acordo com as necessidades de criação da campanha e de engajamento dos clientes. Usufruir dessas ferramentas pode alavancar as suas vendas, gerar mais leads e conversões.

Tanto o Impulsionar como o Gerenciador de Anúncios têm como objetivo criar anúncios e gerar campanhas para promover produtos, conteúdos ou serviços. A diferença principal é em reação aos recursos que cada uma dessas ferramentas oferece. Vamos entender melhor como elas funcionam nesse texto.

Saiba mais: Estúdio de Criação do Facebook, Instagram e YouTube: Como usar?

Qual é a melhor forma de impulsionar no Facebook?

Na verdade existem duas formas de impulsionar uma publicação na rede social. Você precisa conhecer primeiro a diferença básica entre elas para saber qual será a melhor opção que atenda o seu público. Vamos entender como funciona cada uma.


O que é a ferramenta Impulsionar?

É o modo mais simples e prático de criar um anúncio com poucas configurações. A modalidade Impulsionar publicação faz com que o alcance do seu post tenha um aumento significativo, pois todos os seguidores conseguem visualizar o anúncio, as curtidas e os comentários.

O algoritmo do Facebook permite que apenas 5% dos usuários recebam o post. Dessa forma, optar por Impulsionar seria uma opção mais vantajosa do que somente realizar a publicação orgânica. A vantagem é que o anúncio aparece em destaque no Feed de notícias de uma página e, por isso, mais pessoas têm acesso.

como anunciar no facebook ads

Fonte: Reprodução/Facebook Ads

Como funciona o Gerenciador de Anúncios?

No Facebook Ads você pode utilizar o Gerenciador de Anúncios que é bem mais complexo e, por isso, é indicado para quem busca segmentar o público e aumentar o poder de engajamento de forma muito mais profissional.

Do ponto de vista de estratégia de marketing, o Gerenciador é a opção que mais se adequa quando pensamos em como obter mais sucesso ao criar uma campanha publicitária, divulgar um produto ou serviço.


Essa ferramenta oferece uma série de parâmetros que você quer utilizar para analisar o desempenho do post realizado, obtendo dados como: números de conversão de venda, geração de cadastros no site, quantidade de tráfego para o site, alcance total do anúncio, visitas geradas no estabelecimento, entre outros.

Outro benefício do Gerenciador é a diversidade de opções em relação ao posicionamento da publicação. Ela pode estar localizada ao lado do Feed de notícias do Facebook, nos anúncios do Messenger, no Instagram Stories, no Instant Articles e no Audience Network.

Saiba mais: Como anunciar no Facebook Ads?

Diferenças entre as ferramentas Impulsionar e Gerenciador de Anúncios

Quantidade de anúncios que podem ser criados

Quando optamos por clicar no botão de Impulsionar, só existe a opção de criar um anúncio por vez. Dessa forma, você não tem a possibilidade de realizar testes com textos ou imagens diferentes da postagem escolhida.

Já no Gerenciador, temos como criar vários anúncios ao mesmo tempo, com diferentes imagens ou textos. Assim, conseguimos avaliar qual anúncio terá o melhor desempenho a partir dos seus testes realizados em cada post. Aquele que tiver a melhor performance deve ser escolhido para ser compartilhado.


Opções para o direcionamento do anúncio

O impulsionamento promove as publicações que já foram postadas, gera mais engajamento, aumenta o alcance do anúncio e pode obter mais curtidas para a página. O uso dessa ferramenta precisa estar bem alinhada à sua estratégia, já que os resultados gerados são mais limitados. Em relação ao direcionamento, ele pode ser feito por meio de:

  • Local, idade, gênero e interesse;
  • Pessoas que curtiram sua página;
  • Usuários que curtiram sua página e amigos delas;
  • Públicos personalizados em uma campanha anterior.

Em linhas gerais, esse botão tem como objetivo dar mais visibilidade e interação com o seu conteúdo, mas ele não é direcionado para uma conversão específica. Não possui tantas opções de configuração para segmentação de público, não gera venda nem lead.

No caso do Gerenciador de Anúncios os objetivos são outros. Essa opção gera mais curtidas no link da sua página e mais envolvimento com as publicações. Com mais pessoas clicando no anúncio, o resultado é o aumento das conversões e do tráfego para o seu site ou blog.

Melhor forma de impulsionar no Facebook: Impulsionar ou criar um anúncio?

Dessa forma, as pessoas impactadas podem virar leads, acarretar no aumento das ofertas e na venda de produtos. Em resumo, o Gerenciador de Anúncios oferece uma série de opções em relação às configurações e é mais trabalhoso para quem está começando a trabalhar com marketing digital, mas é a opção mais indicada para realizar um direcionamento de campanha mais eficaz.

Saiba mais: Facebook Ads: guia completo para a criação de anúncios pagos


Anúncios não se comportam como posts

Primeiro, é importante compreender como é o funcionamento dos anúncios no Facebook e como eles se diferenciam das postagens comuns que vemos do Feed de Notícias. O conteúdo que aparece na Timeline varia de acordo com as nossas movimentações dentro da plataforma e do algoritmo que personaliza o conteúdo exibido de acordo com os nossos gostos ou páginas mais acessadas.

Mas, quando se trata de anúncios o comportamento passa a ser diferente. O botão Impulsionar, por exemplo, você escolhe o seu público-alvo, orçamento e duração da campanha e o seu anúncio aparecem na fanpage. Contudo, no Gerenciador de anúncios eles não ficam disponíveis na sua página do Facebook ou perfil do Instagram.

Na verdade, os anúncios ficam registrados como um dark post, no qual eles aparecem quando e onde você quiser. Com essa opção é possível escolher como o anúncio vai ser visto e para qual público ele será direcionado, de acordo com a segmentação escolhida nas configurações.

Saiba mais: Dark Posts do Facebook: o que são e 6 passos para criar

Opções de pagamento

O botão Impulsionar possui bem menos variedades em relação às formas de pagamento, basicamente consiste em cartão de crédito ou de débito. Enquanto isso, o Gerenciador de Anúncios aceita cartão de crédito ou débito, PayPal, boleto bancário e crédito para anúncio.


Caso você opte por pagar via boleto, deve colocar primeiro os créditos em sua conta e depois criar os anúncios, pois depois de realizar esse procedimento vai estar apto a usar o Gerenciador. O valor do pagamento pode ser medido por número de conexões, clicks e impressões.

Depois de realizar o investimento por meio do Gerenciador você também pode analisar se o seu retorno foi compatível com o esperado, pois existe a contabilização de dados como: o número de pessoas que viram o seu anúncio, a quantidade de clicks no post e o quanto do orçamento você gastou para distribuir o seu conteúdo.

Melhor forma de impulsionar no Facebook: Impulsionar ou criar um anúncio?

Saiba mais: Formas de Pagamento no Facebook: tudo o que você precisa saber

Após verificar quais são as diferenças entre as duas ferramentas para anúncios do Facebook qual delas chamou mais a sua atenção? Existe alguma configuração mencionada no texto que você desconhecia? Compartilhe conosco como foi a sua experiência ao utilizar o Impulsionar e o Gerenciador de Anúncios.


Entidades: Facebook | Instagram | Youtube

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.