Limpeza de pele: 6 dicas simples para fazer em casa

por | maio 31, 2022 | Notícias | 0 Comentários


Uma limpeza de pele é essencial para manter os poros bonitos e saudáveis. Por isso, hoje você vai aprender tudo sobre como fazer uma limpeza caseira e dicas para manter a sua pele bonita e saudável.

O que é limpeza de pele?

É um procedimento com o objetivo de retirar as células mortas da camada mais superficial da pele. Dessa forma, a pele fica apta a receber melhor os produtos ativos como hidratantes, protetor e cremes de tratamento.

Na limpeza de pele também são retirados os cravos, miliuns e todas as outras impurezas que estiverem presentes, como uma espécie de desintoxicação. Não importa se a sua pele é seca, oleosa ou mista, a limpeza irá ajudar a equilibrar a pele. Além disso, também pode ser feita em várias partes do corpo, como costas e colo.

Se o procedimento é realizado com frequência e de maneira correta, ele mantém a pele hidratada e é capaz de desacelerar o envelhecimento dos tecidos.

Diferença entre cravo e milium

Como mencionado, a limpeza de pele é eficaz contra cravo e milium. Mas você sabe o que são? Milium são cistos de tamanho pequeno, que é caracterizado por ser amarelado ou esbranquiçado, podendo aparecer na face, ao redor dos olhos, nas bochechas, atrás da orelha e nariz, por exemplo.


Esse pequeno cisto contém queratina em seu conteúdo, que é a substância que faz parte da camada superficial da pele. É mais comum aparecer em recém-nascidos. No entanto, pode acometer qualquer um, ainda mais se a pele estiver em um processo de cicatrização.

Já quando falamos em cravo, existem dois tipos: os comedões fechados e os comedões abertos. Os comedões fechados, ou simplesmente cravos brancos, são um acúmulo de células da camada superficial da pele. Eles são bolinhas esbranquiçadas.

Os comedões pretos também são acúmulos de célula, sebo no folículo e queratina. Eles possuem a aparência de pontinhos escuros.

Limpeza de pele e os benefícios

Além de todos os benefícios citados até o momento, como remoção de cravos e rejuvenescimento, uma limpeza de pele também é capaz de:

Previnir o surgimento de espinhas

Quem nunca sofreu com espinhas em algum momento da vida que atire a primeira pedra. A limpeza de pele é eficaz para tratar as espinhas que já estejam presentes em seu rosto, como também é excelente para evitar que mais inflamações apareçam.


Por se tratar de uma limpeza profunda, o procedimento evita o excesso de sujeira, sebo, restos de maquiagem, por exemplo, o que faz com que o surgimento de espinhas diminua drasticamente.

Eliminar células mortas

Eliminar as células mortas é sinônimo de uma pele mais iluminada, hidratada e saudável. Com a limpeza, as células passam a ser estimuladas para que possam se renovar, trazendo viço à pele.

Previnir linhas de expressão e rugas

A limpeza de pele, com o seu poder de renovação celular, é capaz de retardar o envelhecimento e o aparecimento de linhas de expressão no rosto, como os famosos pés de galinha e bigode chinês.

Uniformização da pele

Quem sofre com manchas no rosto pode apostar na limpeza de pele para ajudar no tratamento. A textura e a aparência da pele, após as sessões de limpeza ficam visivelmente uniformes, além do fato de ajudar a clarear as manchas, já que os cravos e a pele morta vão sendo retirados.

Controlar a oleosidade

A limpeza ajuda a diminuir o excesso de óleo que é produzido pelas glândulas sebáceas, devolvendo a medida de água que a pele necessita.


Limpeza de pele profissional

A limpeza de pele profissional é feita por pessoas capacitadas que precisam avaliar o seu tipo de pele e produtos que devem ser utilizados de acordo com essa avaliação. Lembrando que, a limpeza profissional é uma limpeza de pele profunda, realizada com produtos específicos, que por sua vez são mais potentes e usados com conhecimento.

Por outro lado, se você não pode investir em uma limpeza de pele profissional, nós vamos te ajudar para que você possa aprender a limpar sua pele em casa, com segurança, a fim de economizar o seu bolso e ainda assim ter um resultado de milhões!

Como descobrir o meu tipo de pele?

Descobrir o seu tipo de pele é o primeiro passo para uma limpeza eficaz, pois assim você saberá quais produtos e princípios ativos deverá usar para obter bons resultados. Não seria interessante, por exemplo, utilizar produtos para diminuir a oleosidade quando na verdade sua pele é seca.

O tipo de pele possui diferentes influências, como fatores ambientais, genética e estilo de vida. Logo, também é possível tratar a pele com certas mudanças de hábitos. Outros pontos a serem levados em consideração na hora de avaliar a sua pele são:

  • Nível de sensibilidade;
  • Oleosidade;
  • Idade;
  • Propensão de formação de rugas.

Cada um possui uma necessidade individual quando se trata dos cuidados com a pele. Por isso, é ideal conhecer as classificações de pele que existem e saber reconhecer a sua.


No início do século XX, a classificação da pele criada por Helena Rubinstein dividia a pele em 4 tipos: normal, mista, oleosa e seca. Essa classificação é muito utilizada pelas pessoas na hora de escolher os produtos que irão utilizar. Entretanto, ela não é completa e precisa como o Sistema Baumann.

O Sistema Baumann é outro método de classificação que foi desenvolvido pela médica dermatologista Leslie Baumann e é mais detalhado e preciso quanto aos tipos de pele. Segundo ele, existem 16 tipos de pele e agora você irá conhecer cada um.

Sistema Baumann: tipos de pele

1. Oleosa, pigmentada, sensível e enrugada

Essa pele é o tipo que se expõe bastante ao sol e essa exposição, sem os cuidados necessários, podem causar danos como manchas escuras, rugas, sinais, crises de acne, vasinhos mais visíveis, vermelhidão e queimaduras.

Esse tipo de pele precisa ser tratada para melhorar e prevenir inflamações, espinhas, manchas e rugas. E o principal: não deixar de usar protetor solar diariamente, principalmente se você ficar muito tempo exposto.

2. Oleosa, pigmentada, sensível e firme

Esse é um tipo de pele considerada complexa, pois as suas características levam a um ciclo vicioso onde apresentam manchas, erupções, cicatrizes, acnes, alergias e oleosidade. A grande arma contra tudo isso é a prevenção e o tratamento adequado, juntos serão capazes de evitar espinhas e manchas.


3. Oleosa, não pigmentada, sensível e enrugada

Esse tipo de pele costuma ser clara e comparada com pele de camarão, possuindo pouca pigmentação para conseguir se proteger dos raios solares. Ela costuma ter rosácea e rubor, rugas precoces causadas pela exposição ao sol, manchas vermelhas, acnes, poros bem abertos e é uma pele que não consegue ser bronzeada com facilidade.

4. Oleosa, não pigmentada, sensível e firme

Essa pele sofre com o rubor facial, que é uma vermelhidão que pode aparecer com maior frequência tanto na face quanto no pescoço, colo e orelha. Além disso, a pele pode apresentar ainda problemas com manchas vermelhas, acnes, oleosidade, descamação, sensibilidade e queimaduras.

5. Oleosa, pigmentada, resistente e enrugada

Essa é a pele teflon, que apresenta manchas escuras, muitos poros abertos e rugas que vão surgindo com o passar do tempo, além de apresentar quadros de espinhas e dificuldade para encontrar um protetor solar que não deixe a pele mais oleosa.

Essa pele consegue suportar produtos que possuam uma concentração mais forte em sua composição.

6. Oleosa, pigmentada, resistente e firme

Esta é a pele radiante, geralmente uma das mais fáceis de tratar e são mais comuns em peles de tons mais escuros. Suas características são: face brilhante, quadros de acnes com pouca frequência, manchas escurecidas e pequenas rugas.


7. Oleosa, não pigmentada, resistente e enrugada

Essa é a pele complacente, fácil de lidar e é o tipo de pele da grande maioria das pessoas. Boa parte dos produtos são compatíveis e suas características são: brilho facial, poucas acnes, alguns sinais de ruga, dificuldade para conseguir bronzear e não exige o uso de muito creme hidratante.

8. Oleosa, não pigmentada, resistente e firme

Trata-se da pele deusa, que é a verdadeira pele de bebê. É fácil de lidar, parece sempre lisa, oleosa, radiante, com aparecimento raro de acnes e cravos e poros grandes.

9. Seca, pigmentada, sensível e enrugada

Essa é classificada como a pele desespero, e não é para menos! Esse tipo de pele é aquele que está sempre descamando. Não se dá bem com a maioria dos produtos pois acabam ocasionando alergia, coceira e ardência. Além disso, essa pele também apresenta placas descamativas e rosas, espinhas, manchas, rubor facial e vermelhidão.

10. Seca, pigmentada, sensível e firme

Essa é a pele desafiadora, ela pode apresentar eczemas, espinhas causadas por uso de produtos, ressecamento, coceira, rosácea e vermelhidão. Além de que também pode apresentar sensibilidade a certos tipos de fragrância, pele áspera e manchas escuras.

11. Seca, não pigmentada, sensível e enrugada

A pele reativa possui condições que podem ser imprevisíveis, já que pode mudar da noite para o dia, sem nenhuma explicação plausível. Entre as suas características estão a vermelhidão, ressecamento, queimação, descamação, pele áspera, rugas e falta de brilho.


12. Seca, não pigmentada, sensível e firme

Essa é a pele ressecada. Ela é áspera, tem vermelhidão e não possui brilho, além de ser sensível a produtos cosméticos, alergia de metais e sensibilidade à sabonetes, por exemplo.

13. Seca, pigmentada, resistente e enrugada

Essa é a pele negligenciada. Nela, as principais reclamações são por conta do aparecimento de rugas. Ela pode ser seca, pele fina, possuir manchas e rugas precoces, apresentar descamação, coceira e um alto risco de desenvolver melanoma.

14. Seca, pigmentada, resistente e firme

Essa é a pele global, pois é o tipo mais presente entre as mulheres americanas. É um tipo de pele que não sofre com oleosidade e erupções.

15. Seca, não pigmentada, resistente e enrugada

Essa pele é predominante entre os americanos, onde eles não passam por muitas dificuldades em sua juventude como acnes e irritações. Entretanto, a partir da meia idade a pele fica mais fragilizada e com algumas sardas.

16. Seca, não pigmentada, resistente e firme

Por fim, temos a pele fácil. Essa é aquela pele uniforme, que não apresenta oleosidade, acnes ou sardas durante todas as fases da vida, até mesmo na adolescência. O único porém é que ela pode ficar um pouco ressecada, mas nada que um hidratante não resolva.


Saiba Mais: Peeling químico: quem pode fazer e para que serve?

Limpeza de pele: como fazer? 6 dicas para fazer em casa

Você deve estar se perguntando como fazer uma limpeza de pele em casa? Com as dicas a seguir implementadas em sua rotina diária, você notará mudanças reais em sua pele. Ela ficará com um aspecto mais saudável, hidratada e sem impurezas, ajudando inclusive no resultado final da sua maquiagem. Vamos lá?

1. Limpar a pele

Parece óbvio, mas até para remover as impurezas da sua pele você precisa de produtos e acessórios específicos. Nada de lavar o rosto com o mesmo sabonete que você usa no corpo, ele possui uma composição que não é adequada para a pele do rosto, pois pode deixá-la oleosa com a mudança do pH da pele.

Dito isso, para começar a sua limpeza você precisará de um sabonete facial, que esteja de acordo com as necessidades da sua pele. A nossa indicação é o Sabonete Líquido Facial Detox Vitamina C da Payot, que é indicado para todos os tipos de pele. Ele elimina as impurezas, auxilia na prevenção de colágeno e deixa a pele mais hidratada.

Para potencializar a sua limpeza, vale utilizar um demaquilante. Ele é um produto desenvolvido para fazer uma limpeza mais profunda na pele, retirando todos os resquícios de impureza que possam ter ficado, principalmente se a pele estava com maquiagem.


Uma ótima opção de água micelar é a da L’Oréal, que possui 5 benefícios em 1 só produto: limpa, demaquila, purifica, suaviza e reequilibra a pele.

2. Vaporização para dilatação dos poros

Abrir os poros irá garantir a retirada de impurezas que somente o sabonete e o demaquilante não conseguiram retirar. Para conseguir dilatar o seus poros, você irá precisar de vapor quente. Uma maneira de fazer isso é ferver cerca de 500 ml de água, passar para uma bacia e fazer uma espécie de “cabana” com uma toalha, para que o seu rosto fique tapado, juntamente com a bacia e o vapor não escape.

Você pode ficar nesse processo de 5 a 10 minutos. Isso fará com que os seus poros fiquem abertos e prontos para o próximo passo. Caso não queira fazer dessa maneira, você pode ainda mergulhar uma toalha na água quente e colocar no rosto por cerca de 10 minutos.

3. Esfoliação da pele

Para a esfoliação, você pode utilizar produtos esfoliantes, como o Esfoliante Energizing Deep Clean da Neutrogena, ou até mesmo algumas das receitinhas caseiras que ensinaremos mais adiante. Você pode colocar um pouco do produto em um algodão ou com uma luva esfoliante e espalhar no rosto com movimentos leves e circulares.

Além da remoção das impurezas, a esfoliação será responsável pela renovação das células, desobstrução dos poros, tonificação da pele (ajudará na absorção de outros produtos), deixará a pele mais iluminada e uniformizada e com o tempo ajuda a reduzir linhas de expressão.


4. Máscara de tratamento

As máscaras de tratamento irão auxiliar no fortalecimento e na hidratação da sua pele. Algumas delas são:

5. Fechar os poros

Para fechar os poros, o processo é o inverso daquele que fazemos para abri-los. É necessário fazer uma compressa com água fria, ou apenas passar o algodão, embebido na água gelada pelo rosto. Assim, o seu rosto estará pronto para a etapa de hidratação.

6. Hidratação

Para a hidratação, você precisará de produtos específicos e voltados para o seu tipo de pele. Existem vários hidratantes faciais no mercado que se adaptam a qualquer tipo de pele, caso você ainda tenha dúvida sobre o seu tipo. Alguns deles são:

O hidratante irá acalmar a pele após todo o procedimento que você fez até aqui em prol da sua limpeza, e claro, irá deixar a sua pele hidratada, saudável e macia. Portanto, não pule de forma alguma essa etapa.

7. Aplicação do protetor solar

Por fim, nunca se esqueça de usar protetor solar. Ele deve ser o seu melhor amigo mesmo em dias nublados. Os raios solares acabam sendo prejudiciais para a nossa pele se não a protegermos, podendo causar manchas, envelhecimento e precoce. Por isso, use o protetor diariamente.


Nossa sugestão é um protetor solar de fator 30, no mínimo, como o Neutrogena Sun Fresh Facial.

Saiba Mais: Peeling de diamante: quando fazer e para que serve?

Acessórios para limpeza de pele

Você sabia que existem alguns acessórios que podem te ajudar na hora do seu skincare e tornar a limpeza de pele ainda mais potente? Pois é, vamos conhecer alguns desses objetos que entregam muito resultado e benefícios extras.

Esses objetos atuam estimulando a oxigenação e vasodilatação, o que faz com que a penetração dos ativos sejam mais profundos na pele. A preparação da pele com o auxílio desses acessórios pode melhorar essa penetração em até 10%.

Limpeza de pele: Esponja Facial

O primeiro deles é a esponjinha facial. Elas são utilizadas no momento da limpeza com o sabonete facial. Ela atua reduzindo a camada externa da pele, agindo como uma espécie de esfoliante também e facilitando a penetração de outros produtos. Apesar de ser comparada com uma esfoliação, ela não deve ser usada para fazer a esfoliação de fato, pois pode ser agressivo a pele.


Limpeza de peleFoto/Reprodução: Pinterest

Limpeza de pele: Roller

O segundo acessório é o Roller, que serve para massagear a pele e são feitos de pedras naturais com propriedades terapêuticas. Esse acessório possui origem na medicina chinesa e conta com algumas opções de pedra, entre elas a pedra com jade e a com quartzo rosa.

A pedra de jade é indicada para peles oleosas, pois ela auxilia na diminuição do inchaço e tem ação calmante em peles mais sensíveis. Já a pedra de quartzo rosa estimula a microcirculação, por conta dos minerais presentes. Além disso, ela possui um valor energético que está ligado à autoestima e ao lado emocional.

Limpeza de peleFoto/Reprodução: Pinterest

Por último, o Gua Sha é outro acessório que possui origem na medicina chinesa. Ele pode ser deslizado sobre a pele do rosto para estimular a circulação, desinchar o rosto e relaxar os músculos.


Limpeza de peleFoto/Reprodução: Pinterest

Saiba Mais: Massagem relaxante: 7 movimentos simples e eficientes

Receitinhas caseiras de esfoliantes e máscaras faciais

Na falta do cosmético em casa, nada melhor do que conseguir fazer uma máscara com ingredientes que você tem aí na sua casa! Por isso, trouxemos algumas receitas caseiras para ajudar na sua limpeza de pele caseira.

1. Máscara de arroz

A máscara de arroz tem ação clareadora na pele, além de ajudar na circulação sanguínea, redução de manchas e tonificação da pele. É ideal principalmente para quem sofre com manchinhas de acnes.

Para essa receita, você precisará:


1 colher de sopa de farinha de arroz (triture o arroz no liquidificador);
1 colher de sopa de leite.

Basta misturar os ingredientes até formar uma pasta, aplicar no rosto e esperar até que a máscara seque. Depois é só enxaguar o rosto fazendo movimentos circulares.

2. Máscara de babosa

A babosa, ou aloe vera, tem propriedade calmante e é rica em vitaminas, muito usada para hidratar os cabelos, também pode ser utilizada na pele. Entretanto, você deve saber como usá-la. Ela possui um líquido amarelo, a aloína, que é uma toxina e deve ser descartada.

Para isso, você irá cortar a folha de babosa, separar o gel em uma bacia com água e deixar de molho por cerca de 4 horas, trocando a água pelo menos uma vez dentro desse intervalo. Dessa maneira, conseguirá tirar toda a aloína e evitar alguma reação.

Para fazer a máscara, será necessário:


1 colher de sopa de gel de babosa;
1 colher de chá de iogurte natural;
1 colher de chá de suco de pepino.

Misture os ingredientes, aplique sobre a pele e deixe agir por 15 minutos. Depois enxágüe com água fria.

3. Máscara de maisena

A maisena pode ajudar na limpeza da pele, amenizando a oleosidade e deixando a pele mais macia e aliviando vermelhidão, coceira e ardor. Para fazer você irá precisar de:

1 colher de maisena;
2 colheres de soro fisiológico (que deve estar gelado).

Basta misturar os ingredientes até formar uma pasta, aplicar na pele e deixar a agir por cerca de 20 minutos.


4. Máscara de café e mel

Para esfoliar a pele, podemos usar o café, que possui uma propriedade anti-inflamatória e calmante na pele, juntamente com o mel, que atua como umectante natural, deixando a pele macia e mais iluminada. Será necessário:

3 colheres de sopa de café;
2 colheres de sopa de mel.

Misture e aplique na pele fazendo movimentos circulares e suaves. Cuidado para não aplicar com força, pois isso pode agredir a pele e até mesmo ferir.

Com que frequência a limpeza de pele deve ser feita?

Diferentemente do skincare diário, a limpeza de pele profunda deve ter um intervalo entre uma e outra de, no mínimo, 15 dias. Quando falamos em limpeza de pele caseira, sabemos que ela não é tão profunda quanto uma limpeza de pele profissional, mas ainda assim é preciso uma pausa entre uma limpeza e outra.

E essas foram as nossas dicas de cuidados na hora de fazer a sua limpeza de pele caseira, esperamos que todas essas informações possam te ajudar nos seus cuidados com o rosto.


Saiba Mais: Alongamento de cílios: 13 segredos que você precisa saber


Entidades: Pinterest

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Shopee Xpress: como rastrear seu pedido Casa de madeira: 10 projetos para te inspirar Apelido para namorado Criptomoedas para 2022 Bolos Vulcão Corretora de criptomoedas