Empreendedorismo Feminino: Oportunidades e Como Fazer Sucesso?

por | Última Atualização Nov 16, 2023 | Empreendedorismo | 0 Comentários

Explorando o poder do empreendedorismo feminino. Junte-se à conversa sobre o poder do empreendedorismo feminino e inspire-se!


Explorando o poder da liderança feminina no mundo dos negócios! Saiba onde estão as oportunidades para as mulheres empreendedoras. Confira!

O universo do empreendedorismo feminino tem sido um terreno fértil para o crescimento, inovação e empoderamento das mulheres. Neste post, vamos explorar esse cenário multifacetado, abordando desde dados sobre a presença feminina no mercado de trabalho brasileiro até ideias de negócios e exemplos inspiradores de mulheres que marcaram seu nome no empreendedorismo.

Mulheres no Mercado de Trabalho Brasileiro

Antes de mergulharmos no empreendedorismo, é importante compreender a posição das mulheres no mercado de trabalho. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que, embora as mulheres representem cerca de 44% da força de trabalho no Brasil, a equidade salarial e a presença em cargos de liderança ainda são desafios significativos.

A disparidade de gênero persiste, especialmente em setores mais tradicionais, mostrando a necessidade contínua de esforços para promover igualdade de oportunidades.

Dia 19 de Novembro: Celebrando o Empreendedorismo Feminino

A potencialidade do empreendedorismo liderado por mulheres foi oficialmente reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) com a instituição do Dia do Empreendedorismo Feminino em 19 de novembro, a partir do ano de 2014.

Essa iniciativa obteve a adesão de mais de 150 países, alinhando-se ao quinto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Este objetivo específico visa concretizar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas em escala global.

Empreendedorismo Feminino

Saiba mais: Mulheres inesquecíveis: 25 mulheres que deixaram sua marca no planeta

Tipos de Empreendedorismo Feminino: Desbravando Caminhos e Criando Impacto

A liderança empreendedora feminina se manifesta em diversas formas, refletindo a diversidade de habilidades, interesses e experiências das mulheres empreendedoras. Abaixo, estão alguns dos principais tipos de empreendedorismo, cada um caracterizado por abordagens específicas e contribuições distintas para o cenário empresarial:

Empreendedorismo Social

Mulheres envolvidas no empreendedorismo social concentram seus esforços em causas e impactos sociais. Elas buscam criar negócios que não apenas sejam financeiramente viáveis, mas que também promovam mudanças positivas na sociedade. Exemplos incluem organizações que lidam com questões ambientais, educação, saúde e inclusão social.

Empreendedorismo Digital

O empreendedorismo digital envolve mulheres que exploram oportunidades online para criar e desenvolver negócios. Isso pode incluir a criação de blogs, comércio eletrônico, marketing digital, consultoria online, entre outros. A flexibilidade oferecida pelo ambiente digital permite que as empreendedoras alcancem audiências globais e gerenciem negócios de forma mais flexível.

Segundo Carol Peres, C.E.O da Search One Digital, “O marketing Digital, infelizmente, principalmente em SEO, ainda é um mundo masculino. Então, os desafios que permeiam o trabalho consistem também em furar uma bolha”.

Empreendedorismo Materno

Mães empreendedoras buscam conciliar suas responsabilidades maternas com atividades empreendedoras. Elas criam negócios adaptados às necessidades familiares, como produtos e serviços para crianças, consultorias de maternidade, ou até mesmo empreendimentos online que ofereçam flexibilidade de horários.

Saiba mais: Renda Extra: 15 ideias comprovadas para ganhar dinheiro rápido

Empreendedorismo de Inovação

Mulheres no empreendedorismo de inovação lideram startups e introduzem novas ideias e soluções nos mercados. Elas estão na vanguarda da criatividade e da tecnologia, buscando preencher lacunas no mercado com produtos ou serviços inovadores.

Um dos exemplos mais recentes de mulheres no empreendedorismo de Inovação é Cristina Junqueira. Cristina é a cofundadora e atual CEO do Nubank, uma das maiores fintechs do Brasil.

Sua liderança tem sido fundamental para a revolução financeira no país, destacando-se por sua visão inovadora e compromisso em proporcionar soluções financeiras acessíveis e eficientes.

Empreendedorismo Cultural e Criativo

Nesse tipo de empreendedorismo, as mulheres exploram setores relacionados à cultura, arte, moda e design. Elas podem criar suas próprias marcas, galerias de arte, estúdios de design, ou participar ativamente no mercado criativo.

Empreendedorismo Feminino Cultural

Fonte: Pexels/RF._.studio

Empreendedorismo Rural

Mulheres empreendedoras rurais estão envolvidas em negócios nas áreas agrícola e agroindustrial. Elas podem gerenciar propriedades agrícolas, criar produtos artesanais, ou desenvolver iniciativas sustentáveis no meio rural.

Um exemplo nesta área é Ana Primavesi. Pioneira na agroecologia no Brasil, Ana é uma referência em agricultura sustentável. Seus estudos e práticas influenciaram gerações de agricultores e empreendedores rurais.

Empreendedorismo de Franquias

Algumas mulheres optam por empreender por meio de franquias, aproveitando modelos de negócios estabelecidos. Elas podem adquirir franquias em setores que estejam alinhados com seus interesses e habilidades.

Esses exemplos de mulheres no mundo dos negócios representam apenas uma amostra da diversidade e potencial das mulheres no mundo dos negócios. Cada abordagem destaca a capacidade única das empreendedoras de moldar e influenciar positivamente diferentes setores e comunidades.

Saiba mais: Franquias baratas: como começar com pouco dinheiro?

Frases e Mensagens sobre Empreendedorismo Feminino para Compartilhar

Se você quer homenagear as mulheres empreendedoras o ano inteiro, separamos várias ideias de frases e mensagens sobre o tema para compartilhar no WhatsApp e redes sociais.

“Mulheres empreendedoras estão transformando desafios em conquistas diárias.”

“A mulher empreendedora não conhece limites; é a força que move o progresso.”

“Mulheres no comando, negócios inovadores: assim se constrói um futuro mais igualitário.”

“Empreendedoras são arquitetas de sonhos, construindo caminhos onde outros veem obstáculos.”

“Que as mulheres empreendedoras continuem a inspirar, liderar e criar mudanças positivas.”

 “Iniciativas empreendedoras femininas não são só uma escolha; é uma revolução silenciosa.”

“Mulheres empreendedoras não buscam simplesmente sucesso, buscam significado.”

“Mulheres empreendedoras é mais do que criar negócios; é criar impacto e transformação.”

“Negócios liderados por mulheres não são apenas inovadores, são visionários.”

“Nada é impossível para uma mulher empreendedora determinada a alcançar seus objetivos.”

 “Empreendedorismo é o poder de transformar sonhos em realidade, e as mulheres têm esse poder.”

“Mulheres empreendedoras não seguem padrões; elas os criam.”

“A jornada da empreendedora é marcada por desafios, mas também por conquistas extraordinárias.”

“O liderança feminina é a prova de que a inovação não conhece gênero.”

“Mulheres empreendedoras são a inspiração que o mundo precisa para evoluir.”

“Empreender é a arte de transformar visões em realidades tangíveis, e as mulheres são mestras nessa arte.”

“O negócios comandados por mulheres são uma revolução que está acontecendo em cada decisão, projeto e conquista.”

“A força da mulher empreendedora está na capacidade de transformar adversidades em oportunidades.”

“Mulheres empreendedoras são faróis, guiando outros com sua luz de determinação e inovação.”

“Empreendedoras não apenas quebram teto de vidro; elas constroem seus próprios tetos estrelados.”

“Mulheres empreendedoras são arquitetas do futuro, construindo um legado que transcende gerações.”

“Mulheres empreendedoras são o combustível que impulsiona a inovação, a diversidade e o progresso no mundo dos negócios.”

Por que mais mulheres no empreendedorismo é importante?

Embora alguns argumentem que não deveria haver distinção de gênero no empreendedorismo, a realidade mostra disparidades significativas. As mulheres enfrentam uma diferença salarial de 22%, recebendo menos do que seus colegas empresários masculinos. Além disso, muitas mulheres acabam assumindo uma carga adicional de responsabilidades.

De acordo com dados do Sebrae, a proporção de mulheres consideradas “chefes de família” aumentou de 38% para 45% no último ano. Em 42% desses lares, as mulheres vivem exclusivamente com seus filhos, sem a presença de um parceiro.

Considerando que 72% das empreendedoras brasileiras são mães, isso resulta em uma dupla jornada, levando as mulheres a trabalharem mais de 3 horas extras em comparação com seus colegas masculinos a cada semana.

Saiba mais: Filmes de empreendedorismo: os 27 mais inspiradores

Apesar desses desafios, o Brasil ocupa a décima posição na lista de países com maior número de mulheres empreendedoras em todo o mundo. No entanto, essas estatísticas não se traduzem proporcionalmente em cargos de liderança nas grandes empresas, com apenas 3% delas tendo mulheres em posições de destaque.

Diante desse cenário, torna-se evidente o quão desafiador é empreender e liderar como mulher. Apoiar o iniciativas empreendedoras femininas é, portanto, uma missão cada vez mais crucial, e é imperativo reconhecer e valorizar as mulheres que se destacam em seus empreendimentos.

Continue lendo: Documentários Netflix: 5 produções inspiradoras sobre Empreendedorismo

MAIS LIDOS

Entidades:

Ceia de Natal perfeita: 17 dicas comprovadas Melhores Filmes Netflix para maratonar O que olhar no carro antes de viajar? Receitas de drinks fáceis para fazer 19/11: Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino Filmes de natal: 09 lançamentos para assistir em família Ovos Perfeitos: Dicas de Especialista para a Escolha Certa no Supermercado Como o Follow Up vai te ajudar a vender mais?