Como vender online? Confira 10 táticas comprovadas

por | mar 18, 2022 | Marketing Digital | 0 Comentários


Se você está pensando em se aventurar nas vendas na internet, será preciso saber como vender online, já que diversos detalhes podem influenciar no seu sucesso ou fracasso. Essa é uma ótima forma para transformar suas próprias ideias em negócios, além de possuir a sua própria autonomia profissional.

Mas antes de tudo, você precisa responder algumas perguntas básicas para si mesmo e alinhar seus pensamentos. Procure se basear em questionamentos como:

  • O que irei vender?
  • Qual será o perfil do meu público-alvo?
  • Quais custos eu terei?
  • Qual canal de venda vou utilizar?

Ao obter essas respostas, você conseguirá ter um planejamento eficiente e desenvolver os objetivos de sua loja online. Dessa forma, você saberá como vender online por um longo tempo e obter sucesso em sua jornada. Abaixo, separamos alguns pontos que podem ajudar bastante para você entender como vender online.

Saiba Mais: Vitrine online: Como criar e vender mais online?

Como começar a realizar vendas online?

Decida o melhor produto para vender na sua loja virtual

Para começar a saber como vender online, o mais indicado é fazer uma união do que possui espaço no mercado com o que você gosta. Vale ressaltar que na internet você consegue vender praticamente tudo. Porém, você precisa vender o suficiente, não adianta comercializar regularmente mas não o suficiente para pagar as suas contas. Como vendedor, é preciso cobrir suas despesas e ainda ter a sua própria margem de lucro.


Um dos passos necessários para alcançar o seu objetivo é fazer um estudo de mercado aprofundado. Assim, você poderá analisar e entender os seus concorrentes e o apelo que o seu produto terá no público-alvo que você definiu. O planejamento é essencial. Então mesmo que demore, dedique tempo nele.

Saiba Mais: Apps para vender foto do pé? Saiba tudo aqui

Estude e conheça o seu público o melhor possível

Após saber o que você irá vender na internet e qual público você pretende atingir, também é preciso ter conhecimento sobre o segmento, assim, as pesquisas aprofundadas são necessárias para conhecer cada vez mais os clientes. É a partir dos resultados obtidos que você desenvolverá ações assertivas de vendas e marketing. Isso também vai permitir que você desenvolva a melhor linguagem possível para conversar com seu cliente.

Para ter cada vez uma comunicação adequada e favorável, a nossa dica é investir em uma pesquisa de persona e público-alvo. O público-alvo vai definir qual o grupo de pessoa que você vai manter uma comunicação e trabalhar as vendas. Aqui você precisa de informações como:

  • Gênero;
  • Idade;
  • Classe social;
  • Região onde mora e etc.

Agora, quando falamos da persona é o perfil semi-ficcional que você definirá e que representa os mais ideais clientes do negócio. São as personas que vão tornar a sua estratégia de marketing mais assertiva e personalizada.


O planejamento financeira precisa estar bem traçado

Uma parte bem importante de como vender online é a financeira. Não se engane, não é porque você vai trabalhar em uma loja online, e não física, que não precisará lidar com os aspectos gerenciais. É preciso ter um grande nível de atenção, pois a partir deles você garantirá a estabilidade financeira do seu negócio e saberá se está havendo prosperidade.

Alguns dos aspectos que você precisará estar sempre de olho são as entradas e saídas de produtos, controle de estoque, a precificação dos produtos, obrigações fiscais, custos logísticos e, obviamente, a manutenção de sua plataforma de vendas.

Listamos alguns pontos financeiros de como vender online e que podem te ajudar a se organizar:

Indicadores de performance

Os indicadores de performance, também chamados de Key Performance Indicators – KPIs, vão contribuir diretamente para as decisões que você precisa tomar no seu negócio. Contudo, não é somente isso. Eles também funcionam como termômetro que vão indicar se os objetivos de sua loja virtual estão sendo alcançados ou se você precisa fazer alterações em suas estratégias. 

Controle Fiscal

Antes de começar a realizar as suas vendas, um passo importante de como vender online é garantir que a sua loja esteja dentro da legislação, ou seja, você também precisa arcar com as despesas e tributos que são exigidos para ter uma loja em território nacional. Assim, você conhecerá bem os detalhes de como abrir um CNPJ. Caso você queira uma coisa mais simples e totalmente digital, pode se regularizar como um MEI – Micro Empreendedor Individual. 


Fluxo de Caixa

Como o próprio nome sugere, o fluxo de caixa é o responsável por acompanhar e registrar a entrada e saída dos produtos vendidos pela a sua loja. Normalmente, os gestores costumam ser bem rigorosos com isso, já que é uma parte bem importante de como vender online. Com o fluxo de caixa, é possível saber o lado financeiro de sua loja e como você pode otimizar seu negócio e recursos para melhorar ainda mais os lucros. 

Controle de Estoque

O controle de estoque também está diretamente envolvido com o planejamento financeiro da sua loja online. Quando falamos de como vender online, o controle de estoque deve pensar na experiência do cliente, garantindo que todos os produtos estejam sempre disponíveis para o mesmo na hora da compra. O controle de estoque permite que você se planeje financeiramente e saiba quando pode fazer promoções para acabar com o estoque e também as melhores formas de anunciar um produto.

Saiba Mais: Como vender milhas e lucrar com seus pontos?

Escolha os melhores sites para vender online e local para começar

Existem diversos locais onde você pode montar a sua loja virtual e aprender como vender online, você pode usar as próprias redes sociais, marketplaces e e-commerces. Abaixo, vamos falar um pouco sobre cada um para que você possa decidir qual a melhor opção em seu tipo de negócio.

E-commerce

Uma das vantagens de como vender online no e-commerce é que você poderá personalizar as estratégias de venda e a experiência do cliente da melhor forma que achar possível. Além disso, o nome da sua loja ficará em evidência. Porém, você precisa saber que criar uma loja virtual de ecommerce do zero pode ser mais caro, mesmo com as vantagens, você precisa avaliar se vale a pena para o seu negócio. É preciso fazer um investimento visando o curto, médio e longo prazo para ter lucros.


O primeiro passo é escolher a plataforma que você vai usar, ou seja, qual possui a melhor tecnologia base para você criar a sua loja virtual. A internet oferece diversas opções, uma delas é o modelo plug-and-play, que facilita toda a gestão e é ideal para quem não possui conhecimento de programação. Outras opções oferecem plataformas mais personalizáveis, ideal para quem possui o conhecimento para montar sua loja virtual seguindo seu gosto.

Saiba Mais: O que vender na internet? 45 ideias para começar

Marketplace

O marketplace é uma opção que os iniciantes costumam utilizar bastante, ela funciona de forma bem simples, o vendedor precisa cadastrar a própria loja dentro de um marketplace para começar a vender. Imagine o marketplace como um shopping: as lojas virtuais seriam as lojas físicas espalhadas por todo o ambiente. Os vendedores precisam pagar uma taxa de cada venda, ou uma taxa fixa para manterem suas lojas no espaço virtual.

Entre as principais vantagens, está a não preocupação com toda a infraestrutura de sua loja virtual. Além disso, você possui vantagem no tráfego, já que normalmente a própria plataforma já possui um tráfego de clientes alto. Porém, nem tudo são flores, como gestor, você também terá algumas desvantagens.

O nome da sua loja não possui tanto destaque, podendo acabar passando despercebido pelos clientes, mesmo que eles comprem bastante em sua loja, isso acontece principalmente devido a grande quantidade de lojas cadastradas e vendendo ao mesmo tempo. Muitas vezes, a compra do produto acaba sendo associada ao nome da plataforma e não ao nome de sua loja.


Saiba Mais: Como criar um site de vendas grátis? 5 melhores plataformas

Redes sociais

como vender online

Uma outra maneira bastante popular de como vender online é através das redes sociais. Essa é uma alternativa que aproxima bastante o consumidor com o vendedor, sendo uma ótima alternativa para quem está iniciando na vida de vendas online. Os links de pagamento são uma opção bastante presente nas vendas através das redes sociais. Com ele, é possível personalizar e enviar um checkout para o cliente realizar a compra.

Para quem vende produtos que possuem apelo visual, como roupas, decorações, artigos de papelaria, maquiagem, bijouterias e outros, uma dica é investir no Instagram para realizar suas vendas. Nele, é possível exibir seus produtos da melhor forma possível e atrair cada vez mais os clientes. 

A melhor opção

Antes de tudo, você precisa ter em mente que os recursos disponíveis em um canal de vendas, não exclui os que estão disponíveis em outros, já que cada um pessoa tem sua importância e são essenciais no processo de como vender online. É bastante interessante e chamativo combinar as vendas em marketplaces, redes sociais e e-commerces. 

Dessa forma, você pode alcançar o seu público-alvo de diversas formas e em diferentes locais. Caso você não consiga estar presente em todos, basta analisar e chegar a conclusão de quais tipos de espaços de vendas suprem as suas necessidades. 


Saiba Mais: Maxmilhas ou 123 milhas: Qual o melhor para vender milhas?

Tenha as suas estratégias de marketing estruturadas

O marketing digital é a principal estratégia que você pode usar para realizar as suas vendas. Isso pois, para o cliente conseguir chegar até o seu site, loja virtual ou rede social, você precisa atraí-los. Você pode fazer isso nas próprias redes sociais, com conteúdos em blogs ou em anúncios do Google.

Não é somente vendas, é encanto

As dicas que citamos acima, são mais voltadas para um ensinamento de como vender online, porém, você também precisa saber como chamar a atenção e se destacar em meio a tantos concorrentes. As táticas abaixo podem ajudar a se destacar no meio de vendas onlines.

A logística precisa de uma atenção maior

 

A logística é uma das maiores insatisfações quando falamos dos compradores digitais, isso acontece especialmente por duas razões: o frete que possui um valor muito alto e a demora para a entrega do produto, sendo negativo em como vender online. Por mais que não pareça, esse é sim um problema seu, muitas lojas ignoram isso por ser de responsabilidade de serviços terceirizados, mas isso afeta diretamente a escolha de onde comprar do cliente. 

Quem receberá os comentários negativos e de insatisfação não é o serviço terceirizado que realiza a entrega do produto, mas sim você e a sua loja. Da mesma forma que os elogios são seus, não de outros, assim, você precisa encontrar formas de entregar a melhor experiência possível para o cliente. 


Uma dica importante que podemos dar é que você tenha contratos com mais de um serviço de entrega. Assim, será possível oferecer a opção de entrega para o cliente e ele selecionará a que mais o agrada na hora da compra.

Mas não é só isso, busque negociar os preços do frete e sempre tenha cuidado com a embalagem que utiliza, uma escolha errada pode deixar o frete mais caro e irritar ainda mais o cliente.

Outra dica interessante é criar alguns kits com vários produtos e oferecer um frete grátis. Dessa forma, você agradará o cliente que não pagará o frete e receberá vários produtos e ainda conseguirá bancar todo o serviço de logística e tirar o seu lucro. Porém, não faça isso sempre, pois pode acabar saindo prejudicado, faça apenas em promoções, queima de estoque e datas especiais, com uma certa sazonalidade.  

Saiba Mais: Como vender pelo Magalu Marketplace?

Ofereça a melhor experiência para o cliente

A velocidade e o preço do frete na hora da entrega não são os únicos pontos que você deve ter atenção em como vender online. A personalização também é essencial na hora de melhorar a experiência do cliente e o fidelizar. Especialmente quem trabalha com produtos de varejo, é importante que cada produto seja entregue de forma específica e única, se destacando no mercado. 


Vale a pena conhecer a estratégia de marketing chamada unboxing experience, ela consiste em personalizar as entregas com uma cartinha, brinde, caixa personalizada ou outros. Com a surpresa, o cliente pode até fazer posts nas redes sociais e divulgar a sua loja, mostrando também a sua satisfação. 

O pós-venda precisa ser o melhor possível

Um ponto interessante de como vender online é a fidelização do cliente. Então se você está atrás disso, deve descobrir como fazer com que ele sempre compre com você, uma maneira é investir bastante no pós-venda. Isso ainda pode fazer com que o cliente indique a sua loja para outras pessoas e a torne mais conhecida.

Ao conversar com o cliente após a conclusão da venda, você pode aproveitar para fazer uma pesquisa de satisfação com os que já compraram em sua loja. Assim, você acaba aprendendo o que está funcionando e o que não está dando resultados no seu negócio, trabalhando cada vez mais para melhorar.

Saiba Mais: Os 7 melhores marketplaces para vender online

Humanize o seu atendimento

Uma forma de otimizar cada vez mais a experiência do cliente com a sua loja e vender pela internet é oferecer um atendimento humanizado. As pessoas não gostam de falar muito com bots durante os atendimentos, então evite os conhecidos chatbots para todos os assuntos, é claro que eles são ótimos para esclarecer dúvidas simples que o cliente possa ter. Contudo, o atendimento humano em outras dúvidas mantêm uma proximidade maior e cativa o consumidor. 


Além do mais, se você quer vender, é importante que o cliente tenha diversas formas de entrar em contato com a loja, seja por WhatsApp, formulário, chat, e-mail, bate-papo, telefone ou outros. Sendo uma loja online, conseguir entrar em contato é essencial, então tenha cuidado com isso e se mostre disponível para o consumidor. 

Dedique tempo a experiência de compra

Por último, quando falamos de como vender online, você precisa garantir que o seu site esteja pronto para realizar as vendas e atender todas as necessidades dos clientes. Se você quer que seu cliente continue voltando e se torne fixo, então ofereça uma experiência de compra que funcione e que seja segura. 

Procure oferecer as principais e mais utilizadas formas de pagamento, lembre-se que quanto mais melhor. Dessa forma, caso o comprador não consiga pagar de uma forma, pode tentar de outra e também evita perder uma venda da sua marca porque o cliente não consegue pagar devido a falta de opções. 

Também tente facilitar ao máximo a finalização da compra do consumidor, o famoso checkout das suas vendas online pela internet. Procure sempre oferecer algo que transmita segurança e transparência, já que vários dos seus clientes ficam receosos de comprar online devido o risco de fraude e a insegurança do processo que envolve o envio de dados para a sua empresa. 

Saiba Mais: Parceiro Magalu: como se cadastrar e vender online



Entidades: Google | Instagram

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.