Como fazer a inscrição no Jovem Aprendiz?

por | maio 4, 2021 | Tecnologia | 0 Comentários


Hoje vamos conhecer o Programa do Governo Federal chamado de Jovem Aprendiz. Ele é uma lei que determina que empresas de grande porte ou médio devem contratar de 5 a 15% de seu quadro de colaboradores, jovens em início de carreira. Além disso, vamos ensinar como realizar a inscrição no Jovem Aprendiz

O Programa Jovem Aprendiz foi aprovado no ano de 2000, mas só foi regulamentado em forma de lei no ano de 2005. Seu principal objetivo é dar oportunidade de trabalho a jovens sem experiência profissional e capacitar essa mão de obra. 

Para incentivar essas contratações, que à primeira vista não são vantajosas para as empresas, o governo ofertou uma taxa de apenas 2% de FGTS para esses colaboradores. Além disso, ficam dispensadas do aviso prévio remunerado e de pagar a multa rescisória ao findar suas contratações. 

Para as organizações enquadradas no simples nacional, o projeto Jovem Aprendiz ainda traz outra vantagem. Nesse caso, além dos benefícios anteriores, essas empresas não terão aumento da contribuição previdenciária.

Ou seja, os jovens ganham uma facilidade para conseguirem seu primeiro emprego e as empresas podem ter uma mão-de-obra mais barata para treinamento. Se você se interessou pelo programa, veja como fazer sua inscrição. 


Inscrição no Jovem Aprendiz: Onde encontrar vagas

As instituições CIEE, IEL e ESPRO fazem a intermediação entre jovens e empresas contratantes. As empresas divulgam as suas vagas para essas instituições e os jovens interessados em ingressar no mercado de trabalho precisam cadastrar seus currículos nas mesmas.

Para facilitar o processo, os jovens interessados podem cadastrar seus currículos pela internet. Assim já terão acesso às vagas disponíveis. 

O legal é que essas instituições parceiras ainda ofertam cursos de aprendizagem profissionalizante para melhor adaptar esses jovens ao mercado. A mais conhecida e que se destaca entre elas, é o Centro de Integração Empresa Escola – CIEE.

Como fazer a inscrição no Jovem Aprendiz

Inscrição no Jovem Aprendiz: Requisitos para participar 

Poderão se inscrever para as vagas os jovens que:

1 – Tenham idade mínima de 14 anos e máxima de até 24 anos;
2 – Estejam cursando o ensino fundamental ou ensino médio, cursando em escola pública. Alunos de escola particular não podem participar; 
3 – Pertencer à uma família de baixa renda. Ou seja, que tenha renda per capita de até meio salário mínimo por membro ou renda total de até três salários mínimos; 
4 – Não ter trabalhado anteriormente com registro em carteira de trabalho;
5 – Ter disponibilidade de horário para trabalhar. Exceto à noite; 
6 – Jovens que optaram pelo ensino técnico após o ensino fundamental, também poderão participar. 


Para que consigam conciliar os horários de trabalho e estudos, a jornada de trabalho de um jovem aprendiz não poderá ultrapassar 6 horas diárias. Normalmente, as vagas oferecem além do salário, um auxílio alimentação. 

Inscrição no Jovem Aprendiz: Documentação necessária

As inscrições para os processos seletivos só poderão acontecer mediante a apresentação dos seguintes documentos:

1 – Comprovante de matrícula e escolaridade obtidos diretamente com a secretaria escolar; 
2 – Comprovante de residência em nome dos pais ou tutores;
3 – Registro Geral – RG; 
4 – Cadastro Nacional de Pessoa Física – CPF;
5 – Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS; 
6 – Alguns estados ainda solicitam uma carta dos pais ou tutores, autorizando o menor a exercer o trabalho. 

Ao realizar seu cadastro pelo site, os jovens aprendizes poderão entrar em contato com a instituição parceira de escolha para intermediação. Eles te darão todo o suporte e irão sanar suas dúvidas quanto ao processo de inscrição, vagas abertas, processos seletivos e empresas contratantes. 

Inscrição no Jovem Aprendiz: Remuneração 

As principais vantagens dos jovens que participarem do programa, estão no fato de terem um incentivo a mais para suas contratações, já que os mesmos não possuem experiência para concorrer a uma vaga de outra forma. 


Além disso, ganham a oportunidade de ingressar em uma profissão e então adquirir experiência para serem mais competitivos no mercado de trabalho. Várias empresas que contratam por esse modelo oferecem oportunidades de carreira sólida em suas instituições. 

Mas o fato é que essas vagas são procuradas justamente pelo fator de urgência desses jovens em ter uma primeira remuneração. 

De acordo com a lei, a remuneração mínima prevista para um jovem aprendiz é a remuneração do salário mínimo hora, que atualmente está em R$5 a hora. Além disso estão previstos o pagamento do FGTS, vale transporte, férias remuneradas e 13º salário. 

Logicamente, as empresas contratantes podem optar por pagar um salário superior ao previsto na legislação, além de pagar os benefícios de vale alimentação, plano de saúde ou plano odontológico.

Saiba Mais: Como encontrar vagas de emprego no Gupy?


Inscrição no Jovem Aprendiz: Empresas Participantes 

Algumas empresas participantes do projeto permitem que os jovens aprendizes se inscrevam diretamente em seus sites. Nesses casos, você não encontrará essas vagas nas instituições parceiras, pois as próprias empresas realizam todo o processo seletivo. 

Vamos conhecer em quais empresas você pode cadastrar o seu currículo: 

1 – Banco do Brasil 

A empresa possui atualmente cerca de 4 mil jovens aprendizes em seu quadro funcional. Sempre respeitando a carga horária e demais exigências estabelecidas em lei. 

Confira todos os detalhes do Programa BB Aprendizfique por dentro de todas as informações. 

2 – Banco Bradesco 

A instituição mantém as vagas destinadas aos jovens aprendizes em seu site de carreiras. Como todas as vagas são anunciadas no mesmo espaço, eles disponibilizaram um filtro na lateral do site, onde é possível filtrar apenas as vagas destinadas para jovens aprendizes. 


3 – Caixa Econômica Federal 

Já a Caixa Econômica Federal, apesar de não disponibilizar o cadastro dos currículos em seu próprio site, divulgou qual instituição parceira ela utiliza para contratação em cada estado brasileiro. 

4 – Correios 

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos é outra organização que contrata um número elevado de jovens aprendizes. Já o seu processo seletivo é realizado em uma única data ao longo do ano.

Para isso, eles informam a população através de editais publicados em seu site e divulgados à população por meio dos portais de notícias.

Inscrição no Jovem Aprendiz: Conclusão

Agora que você já sabe quais os requisitos para se participar do programa jovem aprendiz, a documentação necessária e onde encontrar as vagas disponíveis, chegou a sua vez! 

Vale ressaltar que esse mesmo programa pode ser encontrado em sites de empresas e instituições com outros nomes, como: aprendiz legal e menor aprendiz. 


Porém, o termo menor aprendiz refere-se especificamente aos jovens aptos para participarem do programa jovem aprendiz, porém com idade entre 14 e 17 anos apenas. 

Se você conhece algum jovem que precisa de um incentivo para iniciar sua carreira no mercado de trabalho, ou que precisa de uma renda, não deixe de compartilhar esse texto. 


Entidades:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.