Aquisição do Giphy pelo Facebook causa preocupação no Reino Unido

por | ago 13, 2021 | Notícias | 0 Comentários


Aquisição do Giphy pelo Facebook causa preocupação no Reino Unido, segundo reportagem da Reuters.

O Facebook pode ter que vender o Giphy, site de GIFs, sobre as preocupações com a concorrência no Reino Unido. O Facebook, a maior empresa de mídia social do mundo, comprou a Giphy em maio de 2017 como parte de sua estratégia de integração com o Instagram. O negócio foi fechado por US$400 milhões.

Saiba mais: Como postar gif no Facebook em 4 passos

Em janeiro, a Autoridade de Concorrência e Mercados do Reino Unido (CMA) iniciou uma investigação sobre a proposta de aquisição do Giphy pelo Facebook.

“A aquisição de Giphy pode fazer com que o Facebook retire GIFs de plataformas concorrentes ou exija mais dados do usuário para acessá-los.”, disse Stuart McIntosh, presidente da investigação independente para o CMA.


Por que a aquisição do Giphy pelo Facebook causa preocupação no Reino Unido?

O CMA descobriu que antes do acordo com o Facebook, o Giphy estava considerando expandir seus serviços de publicidade em outros países. Mas depois do acordo, as parcerias de publicidade do Giphy foram encerradas pelo Facebook.

“Discordamos das conclusões preliminares do CMA, que não acreditamos serem apoiadas pelas evidências. Como demonstramos, esta fusão é do melhor interesse das pessoas e empresas no Reino Unido – e em todo o mundo“, um porta-voz do Facebook disse.

O representante disse que, embora o Facebook continuasse trabalhando com o CMA, não tinha opinião sobre se o Giphy deveria ser vendido. A CMA está levantando preocupações sobre grandes negócios e já citou o negócio de US$9,2 bilhões eBay-Adevinta, bem como a aquisição pelo Walmart dos supermercados Asda.

Aquisição do Giphy pelo Facebook causa preocupação no Reino Unido

A Autoridade de Concorrência e Mercados do Reino Unido disse que se envolveu com outras agências que estão atualmente revisando o acordo para ajudar a CMA em sua investigação e convida as partes interessadas a darem suas opiniões até 2 de setembro sobre suas conclusões provisórias.

A aquisição da Giphy pelo Facebook provavelmente teve um impacto positivo em ambas as partes. A empresa pode rentabilizar os seus serviços e consolidar-se no mercado. O Facebook e o Giphy também trabalham juntos em projetos e desenvolvimentos futuros para diferentes plataformas. Sua venda causaria um impacto grande na comunidade de produtores, caso esse recurso não estivesse mais disponível nas ferramentas do Facebook.


Vamos aguardar o desfecho desta decisão.


Entidades: Facebook

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.